Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Seres Vivos
  4. Reino Animalia
  5. Dentição das serpentes peçonhentas

Dentição das serpentes peçonhentas

Todas as serpentes peçonhentas possuem uma glândula produtora de veneno que se localiza no maxilar superior. Apesar de algumas serpentes não possuírem dentes inoculadores de veneno, a maioria consegue injetar sua peçonha através de uma dentição especializada, que pode ser classificada como áglifas, opistóglifas, proteróglifas e solenóglifas.

As serpentes áglifas matam suas presas através da constrição
As serpentes áglifas matam suas presas através da constrição

As serpentes áglifas, também chamadas de aglifodontes, possuem todos os dentes iguais e maciços, sem nenhum canal ou sulco para a passagem da peçonha. Essas serpentes costumam prender suas presas, enrolando-se nelas e matando-as por asfixia e constrição, sendo que sua mordida pode provocar sérios ferimentos. Exemplos: jiboia e sucuri.

As serpentes opistóglifas não representam perigo para o homem
As serpentes opistóglifas não representam perigo para o homem

As serpentes opistóglifas, também chamadas de opistoglifodontes, são dotadas de um ou mais pares de presas na região posterior dos maxilares superiores, com canais por onde passa a peçonha. A localização de suas presas dificulta a inoculação do veneno; e, por esse motivo, suas picadas, na maioria das vezes, não causam acidentes sérios. Exemplos: muçurana, cobra-cipó e falsa-coral.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A cobra-coral e a naja, embora tenham a boca pequena, possuem veneno letal
A cobra-coral e a naja, embora tenham a boca pequena, possuem veneno letal

As serpentes proteróglifas, também chamadas de proteroglifodontes, possuem presas, localizadas na parte anterior do maxilar superior, dotadas de canais para a passagem da peçonha. São serpentes que possuem a boca pequena, o que dificulta a inoculação do veneno, entretanto sua mordida pode ser letal. Representam grande perigo para o homem. Exemplos: coral-verdadeira e naja.

As serpentes solenóglifas são perigosas para o homem
As serpentes solenóglifas são perigosas para o homem

As serpentes solenóglifas, também chamadas de solenoglifodontes, são dotadas de grandes dentes inoculadores (de venenos ocos), que se localizam na região anterior do maxilar superior e que se projetam quando a serpente abre a boca. Em virtude da localização das presas, a inoculação de veneno dessas serpentes é extremamente eficiente. Representam grande perigo para o homem. Exemplos: cascavel, jararaca e surucucu.

Publicado por: Paula Louredo Moraes

Assuntos Relacionados