Frutos

Os frutos estão presentes somente nas angiospermas. Eles são desenvolvidos a partir do ovário da flor.

Frutos são estruturas desenvolvidas a partir do ovário da flor, estão presentes somente nas angiospermas.

Aqueles que se desenvolvem do ovário não fecundado são classificados como partenocárpicos, tendo a banana como um exemplo típico. Estes frutos não formam sementes, já que tais estruturas são o resultado da fecundação do óvulo da flor. Assim, aqueles pontos pretos que encontramos na banana não são sementes, e sim óvulos não fecundados.

Frutos apresentam epicarpo, mesocarpo e endocarpo, formados a partir da epiderme externa, tecido médio e epiderme interna do ovário, respectivamente. Quando há partes comestíveis, as mesmas são constituídas por eles, cujo conjunto é denominado pericarpo.

São classificados em carnosos quando o pericarpo é suculento e geralmente de sabor adocicado. Eles podem ser do tipo baga quando possuem várias sementes, facilmente separáveis do pericarpo; ou drupa, que são aqueles em que há somente um caroço: a união de semente com endocarpo duro. A laranja e o abacate, respectivamente, são exemplos de frutos carnosos.

Quanto aos frutos denominados secos, os mesmos podem ser deiscentes, que se abrem naturalmente quando maduros; ou indeiscentes, quando isto não ocorre. Nesse último caso, temos, inda, os grãos, também chamados de cariopses; aquênios, com a semente presa a um único ponto do fruto; e sâmara, cujas paredes do ovário formam expansões semelhantes a asas. Feijão, arroz, fruto do girassol e tipuana, respectivamente, são exemplos.

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia
Fruto seco do tipo sâmara, da Tipuana tipu.
Fruto seco do tipo sâmara, da Tipuana tipu.
Publicado por: Mariana Araguaia de Castro Sá Lima
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas

Assuntos Relacionados