Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Genética
  4. Gametogênese

Gametogênese

A gametogênese é o processo por meio do qual os gametas são produzidos. Enquanto a gametogênese masculina ocorre nos testículos, a gametogênese feminina ocorre nos ovários.

Gametogênese é o processo que leva à produção dos gametas. Na mulher, os gametas são produzidos nos ovários, enquanto que nos homens os gametas são produzidos nos testículos. O processo de gametogênese na mulher é chamado de ovogênese ou oogênese, já o processo de formação de gametas no homem é chamado de espermatogênese.

Tipos de gametogênese

Existem dois tipos básicos de gametogênese nos seres humanos:

  • Espermatogênese: ocorre no homem, mais precisamente nos testículos. Responsável pela produção de espermatozoides, esse processo inicia-se na puberdade e acontece durante toda a vida adulta.

  • Ovogênese ou oogênese: ocorre na mulher, mais precisamente no ovário. Responsável pela produção do ovócito maduro, esse processo inicia-se antes mesmo do nascimento da mulher e é retomado na puberdade. A mulher, no entanto, não produz gametas durante toda a vida adulta: a ovogênese é interrompida quando a mulher atinge por volta dos 50 anos de idade.

Tanto na espermatogênese quanto na ovogênese, observamos a presença de dois processos de divisão celular: a meiose e a mitose. A mitose garante o aumento do número de células, já a meiose garante a redução do material genético do gameta. Dessa forma, na meiose, são produzidas células haploides. A redução do material genético é importante para que, no momento da fecundação, ocorra o retorno do número de cromossomos da espécie.

Leia também: Corpo humano

Espermatogênese

A espermatogênese é o processo que leva à formação do espermatozoide.
A espermatogênese é o processo que leva à formação do espermatozoide.

A espermatogênese é o processo que leva à formação dos espermatozoides. Ocorre no interior dos testículos, nos chamados tubos seminíferos, e inicia-se na puberdade, influenciado pelo hormônio testosterona.

Leia também: Sistema genital masculino

A espermatogênese inicia-se com as células denominadas espermatogônias. Existem dois tipos de espermatogônias: as espermatogônias do tipo A e as espermatogônias do tipo B. As espermatogônias do tipo A sofrem mitose e originam novas espermatogônias. Já as espermatogônias do tipo B dividem-se e formam o espermatócito primário, o qual sofrerá meiose.

Após a primeira divisão meiótica, os espermatócitos primários originam dois espermatócitos secundários. Os espermatócitos secundários passam, então, pela segunda divisão meiótica e originam as espermátides. No final da meiose, um espermatócito primário dá origem a quatro espermátides. As espermátides, então, passam pelo processo de espermiogênese e originam os espermatozoides.

No processo de espermiogênese, observa-se a formação do acrossomo (vesícula encontrada na região da cabeça do espermatozoide que apresenta enzimas que garantem a entrada do espermatozoide no ovócito secundário), perda de grande parte do citoplasma e desenvolvimento do flagelo, que garante a movimentação eficiente do espermatozoide.

O processo total de formação do espermatozoide (espermatogênese) dura, em média, sete semanas. Ao final da espermatogênese, o espermatozoide é liberado no interior do túbulo seminífero.

Ovogênese ou oogênese

A ovogênese ocorre no interior do ovário feminino e leva à formação do óvulo.
A ovogênese ocorre no interior do ovário feminino e leva à formação do óvulo.

A ovogênese inicia-se ainda durante a vida uterina e leva à formação do ovócito maduro (óvulo). As ovogônias dividem-se por mitose e transformam-se em ovócitos primários. Esses ovócitos entram em meiose, mas interrompem a divisão logo no início do processo, ainda na prófase I.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Leia também: Sistema genital feminino

O processo de divisão celular só será retomado no início da puberdade, com o início dos ciclos ovarianos. A cada mês, um folículo torna-se maduro, e o ovócito primário completa a meiose I, originando um ovócito secundário e o primeiro corpúsculo polar. O ovócito secundário inicia, então, a meiose II, que é interrompida na metáfase II, antes da ovulação. Na ovulação, o ovócito secundário é liberado. Caso o ovócito não seja fecundado, ele degenera-se. Entretanto, caso ocorra a fecundação, a meiose II é concluída, dando origem ao óvulo e ao segundo corpúsculo polar.

Diferenças entre gametogênese feminina e masculina

Os processos de formação dos gametas masculino e feminino apresentam algumas diferenças.
Os processos de formação dos gametas masculino e feminino apresentam algumas diferenças.

As gametogêneses feminina (ovogênese) e masculina (espermatogênese) apresentam algumas similaridades, como o fato de compreenderem processos de mitose e meiose Entretanto, esses processos possuem algumas diferenças básicas. Veja a seguir os principais pontos que diferenciam a ovogênese da espermatogênese:

  • Diferentemente da espermatogênese, a ovogênese apresenta períodos de interrupção em seu processo. A meiose I, por exemplo, é interrompida ainda durante o desenvolvimento embrionário e só será retomada na puberdade.

  • Ao final do processo de espermatogênese, uma célula é capaz de produzir quatro espermatozoides. Entretanto, na ovogênese, forma-se apenas um gameta viável.

  • A espermatogênese inicia-se durante a adolescência e permanece durante toda a vida adulta. Já a ovogênese, que se inicia ainda durante a fase embrionária, é interrompida por volta dos 50 anos de idade.

Exercício sobre gametogênese

O processo de gametogênese é frequentemente abordado em provas. Veja abaixo um exercício sobre esse importante tema, que já foi cobrado no vestibular da UEM (Universidade Estadual de Maringá):

(UEM) Sobre o processo de gametogênese humana, assinale o que for correto.

01. A ovulogênese inicia-se durante o desenvolvimento embrionário das mulheres. Quando elas nascem, todos seus óvulos já estão formados nos ovários.

02. Espermiogênese é o processo de transformação das espermátides em espermatozoides e é também conhecida como fase de especialização.

04. Durante o processo de gametogênese, a divisão reducional ocorre para a formação das ovogônias e das espermatogônias.

08. O número de cromossomos do ovócito primário é diferente do número de cromossomos do ovócito secundário.

16. Durante o processo de espermatogênese, serão produzidos, a partir de 100 espermatócitos primários, 400 espermatócitos secundários e 1600 espermatozoides.

Resolução: As afirmativas 02 e 08 estão corretas.

A afirmativa 01 está incorreta, pois os óvulos só se formam após a fecundação. Ao nascer, a mulher apresenta ovócitos primários.

A afirmativa 04 está incorreta, pois ovogônias e espermatogônias sofrem apenas mitose.

A afirmativa 16 está incorreta, pois 100 espermatócitos primários darão origem a 200 espermatócitos secundários, que originarão, por sua vez, 400 espermátides, que serão diferenciadas em 400 espermatozoides.

O ovócito e os espermatozoides são formados por meio do processo de gametogênese.
O ovócito e os espermatozoides são formados por meio do processo de gametogênese.
Publicado por: Vanessa Sardinha dos Santos
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas

Assuntos Relacionados