Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Fisiologia
  4. Glândulas Paratireóideas

Glândulas Paratireóideas

São geralmente quatro paratireóideas que temos em nosso corpo. Estas glândulas endócrinas, donas de tamanho proporcional ao de ervilhas, são localizadas na região do pescoço, posteriormente à glândula tireóide, ou seja, atrás dela.

Produzem o paratormônio (hormônio paratireoideano - PTH), responsável pela regulação de cálcio e fósforo no sangue e aumento da absorção de vitamina D. Em uma concentração mais baixa, tal hormônio retira o cálcio dos ossos, enviando à corrente sanguínea, e aumenta a absorção deste no intestino e sua reabsorção nos túbulos renais.

A calcitonina - hormônio secretado pela tireóidea, por sua vez, aumenta a deposição de cálcio nos ossos, efetuando ação inversa, com intensidade um pouco menor.

Disfunção nas paratireóideas quanto à redução da produção de paratormônio resulta na ausência de quantidade ótima de cálcio, acúmulo de fósforo no sangue, podendo causar hiperirritabilidade e/ou fazer com que as células musculares esqueléticas se contraiam de forma desarmônica - quadro de tetania, podendo causar asfixia e até mesmo a morte. Na hiperfunção, o indivíduo está sujeito a lesões renais, osteoporose e cistos nos ossos.

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia
Localização das glândulas paratireóideas e tireóideas
Localização das glândulas paratireóideas e tireóideas
Publicado por: Mariana Araguaia de Castro Sá Lima
Assista às nossas videoaulas

Assuntos Relacionados