Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Anatomia Humana
  4. Hormônios produzidos nas glândulas suprarrenais

Hormônios produzidos nas glândulas suprarrenais

O nosso organismo, através das glândulas que compõem o sistema endócrino, lança em nossa corrente sanguínea vários hormônios que influenciam nas atividades celulares de células específicas. Há hormônios que são proteínas, e por isso são constituídos por aminoácidos; enquanto outros hormônios são chamados de esteroides, por derivarem do colesterol. Cada hormônio tem a sua função específica, e a quantidade deles influencia muito no metabolismo do organismo.

Há hormônios que controlam o crescimento e o desenvolvimento do corpo, a reprodução e as características sexuais; hormônios que influenciam no armazenamento de energia e controlam os níveis de substâncias como a glicose, entre tantos outros.

A glândula suprarrenal é formada por dois tecidos embrionários diferentes, que originam duas partes da glândula: o córtex suprarrenal e a medula suprarrenal. Sendo assim, cada parte dessa glândula produz hormônios diferentes, como veremos a seguir.

A medula suprarrenal é responsável pela produção de adrenalina e noradrenalina. Os dois hormônios são liberados em grandes quantidades no organismo depois de fortes reações emocionais (como susto, medo, estresse) e provocam aumento dos batimentos cardíacos e pressão arterial, constrição dos vasos, etc. Algumas doenças são causadas pelo excesso desses hormônios no corpo, como a Síndrome de Cushing e o feocromocitoma.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Adrenalina: tem efeito contrário ao da insulina, sendo liberada quando o nível de glicose no sangue está baixo. Ela também atua como um neurotransmissor, sendo liberada quando há estresse físico ou mental. Sua falta causa taquicardia, bradicardia e disfunções no nível de glicose.

Noradrenalina: esse hormônio acelera os batimentos cardíacos e mantém a tonicidade muscular nos vasos sanguíneos, controlando a pressão sanguínea.

O córtex suprarrenal é responsável pela produção dos hormônios cortisol e aldosterona.

Cortisol: estimula a formação de carboidratos a partir de proteínas e outras substâncias, processo chamado de gliconeogênese. Esse hormônio também diminui a utilização de glicose pelas células, aumenta o armazenamento de glicogênio pelo fígado, mobiliza ácidos graxos que serão úteis na produção de glicose e impede o desenvolvimento de inflamações.

Aldosterona: auxilia na retenção de sódio, agindo no equilíbrio dos líquidos. Glândulas salivares e sudoríparas sofrem a influência desse hormônio na retenção de sódio, enquanto que ele também interfere na absorção de sódio pelo intestino. Aumenta a reabsorção de potássio.

Glândulas endócrinas
Glândulas endócrinas
Publicado por: Paula Louredo Moraes
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto

Assuntos Relacionados