Linhaça

A linhaça, semente proveniente do linho, controla os níveis de colesterol, reduz o risco de surgimento de tumores e auxilia na menopausa como repositor hormonal.

A linhaça é uma semente proveniente do linho, que tem origem asiática e pertence à família Linácea.

É um alimento que contém carboidratos, gorduras como ômega 3 e ômega 6, fibras, minerais e proteínas que previnem contra doenças e melhora o sistema imunológico, além de diminuir o ritmo de envelhecimento celular. Algumas funções como vitalidade física, combate à obesidade, controle de diabete, controle hormonal, auxiliar o sistema digestivo e circulatório, combate a acne, anemia e câncer são algumas das suas vantagens; contém vitaminas do tipo B, C e E, além de minerais como magnésio, potássio, cálcio e fósforo.

Sua composição é 41% gordura, 28% de fibras, 21% de proteínas, 4% de resíduos e 6 % de carboidratos. Com todos esses componentes, a linhaça controla os níveis de colesterol, reduz o risco de surgimento de tumores, principalmente no cólon, próstata, mama, e auxilia no período da menopausa, como repositor hormonal.

Para ingeri-la é bom triturá-la no liquidificador para que suas substâncias sejam liberadas e possam ser melhor aproveitadas pelo organismo. Mas é importante saber que depois de triturada deve ser logo consumida, pois caso contrário as substâncias se oxidam.

A linhaça pode ser dourada ou marrom. A primeira prefere regiões frias, sendo raramente encontrada no Brasil, enquanto a marrom já está adaptada ao solo e clima brasileiros. São utilizadas na extração do óleo de linhaça importantes na culinária e nas indústrias relacionadas à saúde e beleza.

Por Giorgia Lay-Ang
Graduada em Biologia
Equipe Mundo Educação

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Linhaça
Linhaça
Publicado por: Giorgia Lay-Ang