Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Ecologia
  4. Mecanismos anti-predação em animais

Mecanismos anti-predação em animais

Você sabe o que é coloração de advertência? E mimetismo? Sabe quais são os tipos? E a vantagem e função desse mecanismo? Será vantajoso para o indivíduo? Esta e outras respostas você encontrará a seguir.
 
Muitos organismos possuem adaptações que os ajudam a evitar que sejam predados. Além de estratégias de fuga, se esconder e defender, o indivíduo pode possuir adaptações que os ajudam neste sentido.
 
Uma das adaptações é chamada de coloração críptica, que consiste no fato do indivíduo possuir padrão e coloração parecidos com o ambiente em que vive, confundindo seu predador. Essa coloração é uma estratégia dos animais ditos palatáveis. Um exemplo é o bicho-pau, que é facilmente confundido com seu substrato.
 
Alguns animais possuem químicos nocivos e estes podem ser anunciados com um padrão de cor chamado coloração de advertência (ou aposematismo). Por possuírem estas substâncias, que conferem um gosto nada agradável, estes animais são chamados de impalatáveis. Padrões como cor alaranjada e preta, faixas pretas e vermelhas ou amarelas são alguns dos típicos destes.
 
Animais que possuem coloração de advertência são muitas vezes modelos para os palatáveis, que desenvolvem ao longo do tempo, em processos de seleção, semelhanças entre eles. Esta adaptação é chamada de mimetismo batesiano. Um bom exemplo deste mecanismo é a “falsa coral”, que apresenta coloração parecida com a coral verdadeira e, no entanto, não injeta veneno em suas presas.
 
Mimetismo müleriano é um outro tipo de adaptação que ocorre entre um conjunto de espécies impalatáveis, com padrões semelhantes entre elas, formando “complexos de mimetismo”. Essa estratégia é vantajosa, uma vez que existem animais mais impalatáveis que outros e a presença de um padrão em comum confere proteção mútua.
 
Assim, um predador que possuiu uma experiência anterior de experimentar um animal impalatável, evitará experiências parecidas no futuro, deixando de procurar para a sua alimentação organismos com determinados padrões.

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia
 
 
Publicado por: Mariana Araguaia de Castro Sá Lima
Mimetismo em borboletas
Mimetismo em borboletas

Assuntos Relacionados