Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Botânica
  4. Nutrientes inorgânicos essenciais das plantas

Nutrientes inorgânicos essenciais das plantas

As plantas, para que ocorra o seu desenvolvimento de forma satisfatória, necessitam de alguns nutrientes inorgânicos essenciais.

As plantas, como se sabe, produzem energia química a partir de energia luminosa e convertem CO2 em compostos orgânicos no processo de fotossíntese. Apesar de produzirem seu próprio alimento, as plantas ainda necessitam de nutrientes, que devem ser obtidos do ambiente.

Entre as substâncias que as plantas necessitam, podemos citar a água e alguns elementos químicos. Essas substâncias são necessárias para o crescimento e o metabolismo das plantas, sendo, portanto, essenciais para o desenvolvimento do vegetal.

Nutrientes inorgânicos essenciais

Os nutrientes inorgânicos essenciais são aqueles fundamentais para que uma planta cresça. Sem esses nutrientes, a planta desenvolve-se mal e com anormalidades, além de não se reproduzir de forma adequada. Alguns autores consideram um elemento como essencial para a planta quando ele obedece a três critérios básicos: participa do metabolismo da planta, é necessário para a planta completar seu ciclo de vida e possui função específica e única no organismo vegetal.

Classificação dos nutrientes inorgânicos essenciais

Os nutrientes essenciais podem ser classificados em dois grupos com base na concentração usual nas plantas: macronutrientes e micronutrientes. Os macronutrientes são aqueles que são necessários em grande quantidade para a planta, e os micronutrientes são necessários em quantidades inferiores.

Vale frisar que as plantas possuem necessidades nutricionais distintas, sendo assim, alguns elementos estão em grandes quantidades em um organismo e em quantidades menores em outros. Podemos afirmar ainda que alguns elementos são essenciais para um grupo de vegetais, mas não para outros.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Hopkins e Hüner, em seu livro Introduction to plant physiology, consideram como macronutrientes o hidrogênio, carbono, oxigênio, nitrogênio, potássio, cálcio, magnésio, fósforo e enxofre. Como micronutrientes, os autores citam o cloro, boro, ferro, manganês, zinco, cobre, níquel e molibdênio.

Funções de alguns nutrientes inorgânicos essenciais

Veja a seguir algumas das funções dos nutrientes encontrados nas plantas:

MACRONUTRIENTES

  • Carbono, oxigênio e hidrogênio: Componentes de compostos orgânicos.

  • Nitrogênio: Componente de proteínas, ácidos nucleicos, coenzimas e da clorofila.

  • Potássio: Relaciona-se com o processo de abertura e fechamento estomático e com a ativação de enzimas.

  • Cálcio: Participa, entre outras importantes funções, da regulação da membrana e de atividades enzimáticas.

  • Magnésio: Forma a molécula de clorofila.

  • Fósforo: Componente de compostos que armazenam energia (ATP e ADP) e dos ácidos nucleicos.

  • Enxofre: Componente de proteínas e da coenzima A.

MICRONUTRIENTES

  • Cloro: Participa de processos de osmose e balanço iônico.

  • Boro: Relaciona-se com a síntese de ácido nucleicos.

  • Ferro: Fundamental para a produção de clorofila.

  • Manganês: Fundamental para manter a integridade da membrana do cloroplasto e para liberar oxigênio no processo de fotossíntese.

  • Zinco: Componente de algumas enzimas.

  • Cobre: Componente de algumas enzimas.

  • Molibdênio: Utilizado pelo vegetal para a fixação do nitrogênio e a redução do nitrato.

As plantas necessitam de alguns nutrientes para desenvolver-se
As plantas necessitam de alguns nutrientes para desenvolver-se
Publicado por: Vanessa Sardinha dos Santos

Assuntos Relacionados