O Citoesqueleto

O citoesqueleto é o conjunto de filamentos e finíssimos túbulos de proteínas presentes no citosol das células, responsáveis pela sustentação e forma, permitindo o seu movimento e transporte de substâncias.

“Simbolicamente, possui funcionamento celular semelhante ao esqueleto e musculatura.”
Sua composição é basicamente estruturada por dois tipos de filamentos protéicos: os microfilamentos e os microtúbulos, possibilitando uma conformação extremamente dinâmica que se restaura continuamente agregando e desagregando seus constituintes.

Microtúbulos → são pequenos e finos tubos cilíndricos e ocos, com aproximadamente 20 nanômetros de diâmetro e alguns micrômetros de comprimento, formados por proteínas globulares denominadas de tubulinas alfa e beta disposta em arranjo helicoidal, associadas a proteínas auxiliares (dineina e cinesinas).

Microfilamentos → são filamentos fibrosos com cerca de 3nm e 6nm de diâmetro, formados por moléculas protéicas de actina e miosina, que particularmente se ligam estabelecendo um duplo filamento torcido.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Entre as funções do citoesqueleto, destacam-se:

- A participação na organização dos centríolos, cílios e flagelos;
- Orientação e deslocamento dos cromossomos, formando as fibras do fuso e do áster durante o processo de divisão celular (mitose e meiose);
- Ponto de apoio para a manutenção da disposição dos orgânulos citoplasmáticos;
- Projeção e retração citoplasmática que levam as células a mudar de forma (a emissão de pseudópodes);
- E execução de contrações musculares pelo deslizamento dos filamentos de miosina sobre os de actina.

A rede de proteínas filamentosas no citoplasma celular.
A rede de proteínas filamentosas no citoplasma celular.
Publicado por: Krukemberghe Divino Kirk da Fonseca Ribeiro
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto

Assuntos Relacionados