Vertebrados

Atualmente são conhecidas mais de 50000 espécies atuais de animais vertebrados, com as mais diferentes formas e habitats. Esses animais obtêm energia basicamente da alimentação e possuem diversas estratégias de captura de presas, fuga e reprodução. Este último é rico em comportamentos de corte e modos e, alguns, desenvolvem cuidado parental.

Na abordagem de classificação mais atual, considerando aspectos evolutivos, os vertebrados atuais são divididos em:

- Feiticeiras e Lampéias – Myxinoidea e Petromyzontoidea: Alongados, sem escamas e viscosos. Necrófagos ou parasitas. Desprovidos de mandíbula.

- Tubarões, Raias e Quimeras – Elasmobranchii e Holocephali: Esqueleto cartilaginoso. As quimeras são peixes marinhos com caudas longas e delgadas e faces com características semelhantes à de coelhos.

- Peixes ósseos – Osteichthyes: Duas categorias são consideradas: peixes com nadadeiras raiadas (Actinopterygii) e de nadadeiras lobadas (Sarcopterygii). Esses são os peixes viventes mais proximamente aparentados com os vertebrados terrestres e possuem apenas oito espécies. Os de nadadeiras lobadas podem ser divididos, também em Chondrostei e Nepterygii e este é, ainda, subdividido nas linhagens Lepisosteiformes, “bowfin” (uma espécie: Amia calva) e Teleostei.

- Salamandras, Rãs e Cecílias – Urodela, Anura e Gymnophiona.

- Tartarugas – Testudinia: Únicos vertebrados com ombros e bacia internos às costelas.

- Tuatara, Lagartos e Serpentes – Lepidosauria: Pele recoberta de escamas.

- Jacarés e Crocodilos – Crocodilia: Descendentes da mesma linhagem que produziu os dinossauros e aves (Archosauria). Possui cuidado parental.

- Aves – Aves: Possuem penas. Ativas durante o dia e muitas vocalizam.

- Mamíferos – Mammalia: Possuem placenta.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia

Os testudines  são os únicos vertebrados com ombros e bacia internos às costelas. Fotografia: Fabrício Oda.
Os testudines são os únicos vertebrados com ombros e bacia internos às costelas. Fotografia: Fabrício Oda.
Publicado por: Mariana Araguaia de Castro Sá Lima
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto

Assuntos Relacionados