Pênis

O pênis humano é um órgão do sistema reprodutor masculino e é constituído pela uretra e três cilindros de tecido erétil.

O pênis é o órgão masculino relacionado com a reprodução.
O pênis é o órgão masculino relacionado com a reprodução.

O pênis é um importante órgão do sistema genital masculino, sendo ele o responsável por garantir que o espermatozoide seja colocado dentro do corpo da mulher. Além disso, devido ao fato de que a uretra passa pelo interior do pênis, ele também se destaca por ser o órgão por onde a urina passa antes de ser expelida.

→ Anatomia do pênis

O pênis é um órgão do sistema genital masculino que contém a uretra e três colunas de um tecido erétil, o qual recebe essa denominação devido à capacidade de aumentar de tamanho quando se enche de sangue. Essas três colunas são circundadas por tecido subcutâneo, e todo o órgão é recoberto por pele.

Duas das colunas longitudinais de tecido erétil são os chamados corpos cavernosos do pênis e estão localizadas dorsalmente. Cada corpo cavernoso é dividido por pequenos feixes, constituídos por fibras colágenas, elásticas e musculares lisas, formando os espaços cavernosos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A terceira coluna formada por tecido erétil é chamada de corpo esponjoso ou corpo cavernoso da uretra. Essa coluna está disposta ventralmente e é atravessada pela uretra, a qual é rica em glândulas secretoras de muco (glândulas de Littré). No corpo esponjoso, é verificada também a presença de feixes formando espaços, entretanto, esses feixes são mais finos e elásticos. Na porção terminal, observa-se que o corpo esponjoso expande-se e forma a glande do pênis.

Como dito anteriormente, o pênis é revestido por pele. Entretanto, a pele nessa região é mais fina e também mais pigmentada do que aquela presente no restante do corpo. A presença de pelos é observada apenas na base.  Na região terminal do pênis, percebe-se que a pele dobra-se e projeta-se sobre a região da glande do pênis. Essa dobra de pele forma o chamado prepúcio.

Observe as principais regiões do pênis nos momentos de flacidez e de ereção.
Observe as principais regiões do pênis nos momentos de flacidez e de ereção.

→ Ereção

A ereção nada mais é do que o fenômeno que faz com que o pênis fique rígido e ereto. A ereção, que acontece quando há estimulação sexual, é essencial para garantir que o pênis consiga penetrar a vagina durante o ato sexual.

A ereção acontece quando, devido a algum estímulo sexual, ocorre uma estimulação parassimpática que faz com que artérias que suprem o pênis fiquem dilatadas. Isso permite que uma grande quantidade de sangue entre nos espaços cavernosos. Quando os espaços ficam cheios de sangue, comprimem as veias do pênis, fazendo com que o sangue fique no órgão, deixando-o ereto.

Após a ejaculação e orgasmo, a estimulação parassimpática diminui, fazendo com que o pênis volte ao seu estado normal. Vale salientar que, no estado flácido, o fluxo do sangue do pênis é bem pequeno.

Vale destacar que alguns fatores podem dificultar uma ereção, tais como:

  • Consumo de álcool;
  • Uso de drogas;
  • Fatores emocionais;
  • Idade avançada.

Leia também: Camisinha masculina

→ O que é a circuncisão?

Quando observamos o pênis, percebemos a presença de uma pele dobrada sobre a glande, o chamado prepúcio. A circuncisão nada mais é que um procedimento cirúrgico que remove essa pele. Geralmente, esse procedimento é feito por motivos culturais ou como forma de evitar e tratar doenças. A fimose e a balanopostite (inflamação da glande e prepúcio) crônica ou recorrente são recomendações para a realização desse procedimento cirúrgico.

→ O que é a fimose?

A fimose é uma condição que ocorre quando o orifício do prepúcio é muito pequeno. Esse tamanho reduzido dificulta a retração do prepúcio sobre a glande, tornando a limpeza nesse local pouco eficiente. A falta de limpeza favorece o acúmulo de secreções, que podem desencadear infecções. Além disso, essa condição está diretamente relacionada também com o câncer de pênis.

→ Câncer de pênis

O pênis faz parte do sistema genital masculino e deve ser higienizado com atenção.
O pênis faz parte do sistema genital masculino e deve ser higienizado com atenção.

O câncer de pênis é um tipo de tumor considerado raro que atinge, em maior quantidade, homens com idade superior a 50 anos. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), esse tipo de câncer representa 2% de todos os tipos de câncer que atingem o homem.

Dentre os sintomas do câncer do pênis, podemos citar a presença de uma substância branca e pastosa entre a glande e o prepúcio (esmegma), a presença de feridas persistentes na região do pênis e ínguas (linfonodo aumentado) na região da virilha. Vale destacar que a presença desses sintomas não necessariamente significa um câncer, sendo fundamental avaliação médica.

O câncer de pênis está relacionado, entre outros fatores, com má higiene íntima, estreitamento do prepúcio e infecção pelo HPV, mesmo vírus responsável por desencadear câncer de colo do útero em mulheres. Assim sendo, a prevenção dessa doença pode ser conseguida com limpeza adequada, circuncisão e utilização de camisinha em toda relação sexual.

Leia também: HPV

Curiosidade: Você sabia que, diferentemente do pênis humano, o pênis de outros mamíferos como baleias e morsas apresentam osso?

Assuntos Relacionados