Pequi

Rico em vitamina A e C, o pequi, comum no cerrado brasileiro, é bastante utilizado na culinária, tanto feito com arroz, legumes ou carnes quanto em pratos salgados, licores, etc.

Além de ser bastante conhecido como deliciosa iguaria, este vem sendo cada vez mais utilizado no que chamamos de medicina natural. Para tosse, bronquite, coqueluche, dores musculares, resfriados, como anti-fúngico e até mesmo como tônico afrodisíaco, este fruto amarelo é solicitado - inclusive na prevenção à hipovitaminose A, em face da sua alta concentração de vitamina A.

Para completar a lista, recentemente, foi descoberto por pesquisadores da UnB que o fruto previne efeitos colaterais de tratamentos quimioterápicos.

Pensando por esta linha, nada mais justo que o pequizeiro seja protegido: seu corte e comercialização são proibidos em todo o território nacional. Sim: a planta, além de toda essa gama de benefícios, possui uma madeira de excelente qualidade e resistente ao ataque de cupins.

Entretanto, muito cuidado caso decida “cair de boca”: seu caroço possui muitos espinhos e, caso não tome cuidado, poderá ter sua língua e boca repletos destes! 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia

O pequizeiro é protegido por lei – e não é por um acaso!
O pequizeiro é protegido por lei – e não é por um acaso!
Publicado por: Mariana Araguaia de Castro Sá Lima

Assuntos Relacionados