Reino Animalia

O Reino Animália é formado pelos seres vivos que possuem características comuns a todos os animais: multicelulares heterótrofos que adquirem seus alimentos do meio, por ingestão.

O Reino Animália possui uma variedade grande em relação aos outros reinos de seres vivos. Os filos animais são cerca de 35, porém os mais importantes em termos de número de espécie, são 9.

O ramo da Biologia que estuda os animais é a Zoologia. Os animais podem ser divididos em dois grupos: os invertebrados e os vertebrados.

Os animais são derivados de colônias de protistas flagelados, semelhantes à células flageladas encontradas nos animais com estrutura mais simples, as esponjas. No princípio teriam surgido duas condições: a multicelularidade, que ocorre nas plantas e em alguns fungos, e o desenvolvimento embrionário com as fases de mórula e blástula.

Os poríferos ou esponjas são provenientes desses primeiros ancestrais.

Posteriormente teria surgido a gastrulação, possibilitando a diferenciação dos tecidos e do sistema digestório, condições ausentes nas esponjas.

Os cnidários (medusas e corais) e os triblásticos são representantes dos animais diblásticos, que foram os primeiros animais surgidos.

A simetria, que pode ser radial ou bilateral, é uma característica importante na evolução dos animais.

Os cnidários representam os animais radiados, que possuem simetria radial.
Os bilatérios, que apresentam simetria bilateral, compreendem a maioria dos animais.

O aparecimento da simetria bilateral foi acompanhado de modificações importantes no corpo dos animais bilatérios, como, uma região anterior, uma posterior, uma ventral e outra dorsal, diferentemente dos radiados.
Medusa.
Medusa.
Publicado por: Patrícia Lopes Dantas
Assista às nossas videoaulas

Assuntos Relacionados