Subclasse Prototheria

A Ordem Monotremata é a única ordem pertencente à Subclasse Prothoteria, esta que abriga mamíferos um tanto diferentes dos que costumamos encontrar em nosso dia a dia: os ornitorrincos e equidnas. A começar, estes indivíduos, restritos à Austrália e Nova Guiné, são ovíparos, sendo que os ovos permanecem dentro da mãe por um período considerável. Além desta característica, possuem bico córneo, cloaca; e, apesar da presença de glândulas mamárias, as tetas não são desenvolvidas.


Ornitorrinco:

Existe apenas uma espécie de ornitorrinco: o Ornithorhynchus anatinus, pertencente à Família Ornithorhynchidae. Estes animais vivem em ambiente semiaquático de água doce, se alimentando de peixes, girinos e crustáceos. Podem viver por até quinze anos; e desenvolvem cuidado parental com suas crias, que podem ser até três por ninhada. Machos tendem a ser maiores que as fêmeas, com aproximadamente 40 centímetros; e possuem nas patas um esporão cujo veneno pode ser tão letal quanto o de uma serpente.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Equidna:

Equidinas pertencem à Família Tachyglossidae, sendo esta composta por pelo menos cinco espécies destes animais, integrantes dos Gêneros Tachyglossus e Zaglossus. São de hábito terrestre; e possuem pelos marrons, além de espinhos compridos e rígidos em seu corpo. Machos também possuem esporões nas patas. Podem alcançar até um metro de comprimento. Alimentam-se de formigas, cupins e minhocas, que capturam com sua longa e pegajosa língua. Vivem por aproximadamente quinze anos.

 

Por Mariana Araguaia

Ornitorrinco
Ornitorrinco
Publicado por: Mariana Araguaia de Castro Sá Lima

Assuntos Relacionados