Testudines

Os testudines são animais ovíparos e não apresentam cuidado parental. O sexo dos indivíduos da prole é determinado, na maioria das vezes, pela temperatura a que os ovos são expostos – altas temperaturas de incubação produzem o sexo de maior porte.

O casco, a principal característica destes animais, é fator limitante quanto à diversidade destes e suas características estão intrinsecamente ligadas ao hábitat da espécie. Outra característica dos testudines é a ausência de dentes e patas localizadas dentro das costelas. Além disso, são ícones de longevidade, uma vez que alguns indivíduos conseguem viver por mais de 150 anos!

Considera-se duas linhagens atuais: Cryptodira, cujos representantes possuem condições de retrair a cabeça para dentro do casco e Pleurodira, onde os representantes curvam o pescoço horizontalmente para retrair a cabeça. O primeiro grupo está ausente apenas na Austrália e neste se encaixa a maioria das espécies, inclusive todas as tartarugas marinhas; o segundo grupo é encontrado apenas no Hemisfério Sul e não possui representantes terrestres, sendo o cágado um exemplo de animal desta linhagem.

O sangue destes animais flui para o coração através dos pulmões, volta ao coração e, depois, circula para o resto do corpo. Quanto à respiração, a junção das costelas com o casco não permitem movimentos na caixa torácica. Seus grandes pulmões estão ligados à carapaça por meio de lâminas de tecido conjuntivo que se ligam às suas vísceras, fazendo com que o movimento destas auxilie na expansão dos pulmões no ato respiratório, por meio de contrações musculares. Alguns representantes aquáticos, ainda, conseguem efetuar trocas gasosas via cloaca e faringe.

Quanto ao comportamento social, sinais táteis, como mordidas e golpes; visuais, como padrões de cores; e olfativos são empregados – sendo que alguns machos, inclusive, vocalizam durante a corte. Há hierarquias sociais entre os indivíduos, sendo marcada, geralmente, por embates físicos, onde o vencedor passa a ser o dominante.

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia

Tartaruga-panqueca, pertencente à linhagem Cryptodira
Tartaruga-panqueca, pertencente à linhagem Cryptodira
Publicado por: Mariana Araguaia de Castro Sá Lima

Assuntos Relacionados