Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Animais
  4. Urso panda

Urso panda

O urso panda é um mamífero muito popular, que apresenta como a característica mais marcante sua pelagem formada com as cores preto e branco.

Os pandas gigantes, ou simplesmente ursos pandas, são animais mamíferos solitários, originários da Ásia. Originalmente, o panda habitava toda a região sul e leste da China, porém, devido aos fatores, como a destruição do habitat, essa espécie ficou reduzida a pequenas áreas. A seguir, falaremos a respeito desse gracioso animal, considerado um dos mais populares do mundo.

Nome científico do urso panda

O nome científico do panda gigante é Ailuropoda melanoleuca. Veja a seguir a completa classificação taxonômica desse animal:

Reino: Animalia

Filo: Chordata

Classe: Mammalia

Ordem: Carnivora

Família: Ursidae

Gênero: Ailuropoda

Espécie: Ailuropoda melanoleuca

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características dos ursos pandas

Os ursos pandas são animais que apresentam um padrão de pelagem bastante característico, sendo esses reconhecidos facilmente a partir de seus pelos brancos e manchas negras ao redor dos olhos, orelhas, membros e ombros. Esses animais pesam entre 75 e 160 quilos e podem atingir mais de 1,20 m de altura. Apesar de seu tamanho, podem ser predados por outros animais, como leopardos.

Esses animais, apesar de fazerem parte da ordem Carnívora, apresentam uma dieta baseada na ingestão de bambu. Os pandas devem ingerir esse alimento em grande quantidade para terem suas necessidades nutricionais atendidas. Vale destacar que o sistema digestório do panda apresenta uma eficiência digestiva baixa, portanto, a estratégia de alimentação desse animal é baseada na grande ingestão de alimento.

Os pandas alimentam-se principalmente de bambu.
Os pandas alimentam-se principalmente de bambu.

Os ursos pandas apresentam pouco gasto de energia, sendo esse gasto comparável ao de uma preguiça. Entre as adaptações encontradas para evitar a perda de energia, destacam-se a pelagem espessa, que conserva o calor do corpo, e os órgãos que são menores do que esperado.

Os ursos pandas são, geralmente, encontrados sozinhos, reunindo-se apenas no período reprodutivo. As fêmeas entram no cio na primavera e ficam receptivas por cerca de um a três dias. É na primavera também que os machos estão interessados na cópula, não apresentando interesse sexual no verão ou outono. Podemos perceber, portanto, que a estação reprodutiva desses animais é curta.

A gestação desse animal é longa. Em média, os pandas possuem um período de gestação compreendido entre 95 a 160 dias. Geralmente, a fêmea dá a luz a apenas um filhote, o qual é dependente da mãe durante os primeiros meses de vida. O desmame ocorre entre 8 e 9 meses e o filhote geralmente abandona a mãe com cerca de 18 meses, normalmente, quando a mãe inicia uma nova gestação.

Leia também: Cangurus

Os ursos pandas estão em extinção?

Os ursos pandas são animais atualmente classificados na Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN, sigla em inglês) como vulneráveis. Vale salientar, no entanto, que essa espécie já foi classificada anteriormente como ameaçada, porém esforços relacionados, principalmente com restauração de habitat, fizeram com que essa espécie mudasse seu status. Atualmente, a tendência populacional atual é de aumento.

Leia também: Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN

Curiosidades sobre ursos pandas

Os ursos pandas são animais solitários.
Os ursos pandas são animais solitários.

Veja a seguir alguns aspectos interessantes sobre os ursos pandas:

  • Os ursos pandas comem até 38 kg de bambu por dia.

  • Pandas podem se alimentar por até 14 horas por dia.

  • Os ursos pandas podem defecar mais de 100 vezes ao dia.

  • Os pandas apresentam uma espécie de falso polegar que ajudam, por exemplo, o animal a ter uma maior firmeza ao pegarem seus alimentos.

  • A cor da pelagem típica dos pandas ajuda a esconder no ambiente. No trabalho intitulado “Why is the giant panda black and white?”, publicado na “Behavioral Ecology”, os autores sugerem que a parte branca do corpo do animal ajuda a se esconder na neve, enquanto as partes pretas são importantes nos locais onde há sombra. Além disso, a coloração nos olhos e orelhas pode estar relacionada com reconhecimento individual ou sinalização de agressividade para os predadores.

Os pandas possuem pelagem com padrão de cor que ajuda na camuflagem.
Os pandas possuem pelagem com padrão de cor que ajuda na camuflagem.

  • A mãe de um urso panda pesa quase 1000 vezes o peso do seu filhote.

  • Enquanto um adulto pode atingir de 75 a 160 quilos, um filhote ao nascer pesa cerca de 200 gramas.

  • Os filhotes de panda nascem cegos e quase sem pelos.

  • Os pandas são um dos mamíferos com crescimento mais rápido, podendo ganhar quase dois quilos no primeiro mês de vida.

  • Na natureza, os ursos pandas podem viver cerca de 20 anos. Em cativeiro, podem viver cerca de 30 anos.

  • As fêmeas ficam sexualmente receptivas apenas três dias por ano.

  • Em 2014, pesquisadores do Centro de Investigação de Chengdu planejavam transmitir o parto de uma panda, porém descobriram que ela não estava grávida. Os criadores afirmaram que provavelmente ela fingiu estar grávida para ter regalias, como refeições extras e local com temperatura mais amena.

Os pandas gigantes são mamíferos que vivem nas florestas da China.
Os pandas gigantes são mamíferos que vivem nas florestas da China.
Publicado por: Vanessa Sardinha dos Santos

Assuntos Relacionados