Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Doenças
  3. Câncer

Câncer

Câncer ocorre devido a um crescimento incomum de células, as quais são capazes de invadir tecidos próximos e também migrar para diferentes partes do corpo.

Câncer é um termo utilizado para denominar doenças que apresentam em comum o fato de serem resultado de um crescimento incontrolável de células, as quais podem invadir tecidos vizinhos. Existem mais de 100 doenças distintas que podem ser assim denominadas, tais como câncer de colo do útero, câncer de próstata, câncer de pulmão e leucemia.

O termo câncer foi utilizado pela primeira vez por Hipócrates (460 a.C. - 377 a.C.), que é considerado o pai da medicina.

 

Leia também: 27 de novembro - Dia Nacional de Combate ao Câncer

Tumor benigno e tumor maligno

Os tumores, também chamados de neoplasias, caracterizam-se por uma multiplicação anormal do tecido. A neoplasia pode ser classificada em benigna ou maligna:

  • Neoplasia benigna ou tumor benigno: apresenta massa bem delimitada e suas células são semelhantes àquelas do tecido normal, do qual elas se originaram. No tumor benigno não se observa a ocorrência de invasão de tecidos próximos, nem se observa a ocorrência de metástase ( formação de novos tumores, em outras partes do corpo, com base em um tumor que já existe). O lipoma, o adenoma e o mioma são exemplos de tumores benignos.

  • Neoplasia maligna ou tumor maligno: apresenta uma massa com limites imprecisos e células diferentes daquelas do tecido que o originou. O crescimento desse tumor é rápido, ele é invasivo, sendo capaz de invadir tecidos próximos, e a metástase também é presente.

Nem todo tumor é câncer, sendo essa denominação aplicada apenas para as neoplasias malignas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Causas do câncer

O câncer não apresenta uma única e exclusiva causa e pode ser desencadeado por fatores externos e internos ao nosso organismo. A grande maioria dos casos de câncer está associada aos fatores externos, os quais incluem o meio ambiente e também nossos hábitos de vida.

No que diz respeito às causas internas, podemos destacar os fatores hereditários e as condições imunológicas. Vale destacar que alguns fatores genéticos são extremamente importantes para o desenvolvimento de certos tipos de câncer, uma vez que tornam as pessoas mais suscetíveis a agentes externos.

Alguns agentes são reconhecidamente causadores de câncer. O cigarro, sem dúvidas, é um agente que pode desencadear neoplasias malignas, como o câncer de pulmão. Além disso, a exposição excessiva ao Sol pode ser responsável pelo desenvolvimento do câncer de pele. Bebidas alcoólicas também se relacionam com o desenvolvimento de alguns tipos de câncer, como o de estômago e o de fígado. Não podemos esquecer-nos ainda de que o vírus HPV também está relacionado ao desenvolvimento do câncer, em especial o câncer de colo do útero.

Podemos, perceber, portanto, que hábitos de vida saudáveis podem ser fundamentais para prevenir o câncer, apesar de vários fatores estarem associados ao seu desenvolvimento. Assim sendo, uma alimentação adequada, não fazer uso de cigarro e bebidas alcoólicas, manter o peso corporal adequado, ter relações sexuais apenas com preservativo, não se expor ao Sol sem proteção, e praticar atividades físicas podem ajudar a reduzir os riscos de desenvolver alguma das doenças dentro desse grupo.

Hábitos de vida saudáveis podem ajudar na prevenção de uma série de doenças, inclusive o câncer.
Hábitos de vida saudáveis podem ajudar na prevenção de uma série de doenças, inclusive o câncer.

Leia também: Carnes processadas e o câncer

Tipos de câncer

Os cânceres podem surgir em diferentes órgãos e, por isso, temos um grupo muito amplo de doenças. Dentre os principais tipos de câncer, podemos citar:

No Brasil, de acordo com o Institudo Nacional de Câncer (Inca), sem considerar os tumores de pele não melanoma, o câncer de próstata é o mais incidente entre os homens. Já para mulheres, sem considerar os tumores de pele não melanoma, o câncer de mama é considerado o mais frequente. Quando observamos em escala global, o câncer de pulmão é o primeiro em incidência e mortalidade.

Importância da detecção precoce

A detecção precoce dos casos de câncer é essencial para que o sucesso do tratamento seja conseguido. Quanto mais cedo trata-se essa doença, maiores são as chances de cura. Para garantir a detecção precoce, é essencial que as pessoas façam consultas periódicas e sempre que observarem sinais e sintomas que podem indicar um caso de câncer.

Além disso, nos casos de câncer de mama e de colo do útero, é fundamental realizar o rastreamento, o qual é feito na população assintomática. No caso de câncer de mama, o rastreamento é feito por meio da mamografia, e o câncer de colo do útero é rastreado por meio do exame citopatológico (exame que visa verificar a presença de alterações nas células do colo do útero).

Tratamento do câncer

A quimioterapia é uma das formas de tratar-se o câncer.
A quimioterapia é uma das formas de tratar-se o câncer.

O tratamento do câncer dependerá do tipo de tumor que a pessoa apresenta e também do estágio de desenvolvimento da doença. De uma maneira geral, os principais tipos são:

  • Quimioterapia: O paciente recebe medicamentos que visam destruir o tumor. Esses medicamentos podem ser administrados de diferentes formas, mas a principal delas é a aplicação intravenosa (na veia).

  • Radioterapia: Baseia-se no uso de radiações ionizantes, que destruirão o tumor ou então impedirão que suas células aumentem.

  • Cirurgia: O paciente com câncer será submetido a um procedimento cirúrgico baseado na retirada do tumor do corpo.

  • Transplante de medula óssea: É voltado aos pacientes que apresentam doenças que afetam as células do sangue. Nesse procedimento ocorre a transferência de células normais de medula óssea para o paciente, a fim de que ocorra a substituição da medula óssea doente.

Não podemos esquecer-nos ainda dos chamados cuidados paliativos. Esses cuidados são oferecidos a pacientes para os quais já não é possível garantir a cura da doença. Esses cuidados visam, principalmente, garantir uma melhor qualidade de vida e aliviar o sofrimento que pode ser ocasionado pela doença.

Leia também: Fosfoetanolamina sintética e a polêmica cura do câncer

O câncer pode atingir qualquer órgão e tecido do nosso corpo.
O câncer pode atingir qualquer órgão e tecido do nosso corpo.
Publicado por: Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos de "Câncer"