Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Doenças
  3. Câncer
  4. Carnes processadas e o câncer

Carnes processadas e o câncer

Vários estudos mostraram a relação entre as carnes processadas e o câncer. Por essa razão, a OMS classificou esse tipo de alimento como sabidamente carcinogênico.

Há muito tempo se sabe que uma alimentação saudável é a chave para a proteção contra várias doenças, inclusive os diversos tipos de cânceres. O que comemos pode provocar o surgimento de tumores, sendo necessário, portanto, fazer uma análise detalhada dos nossos hábitos alimentares.

Em outubro de 2015, as carnes chamadas de processadas passaram a ser classificadas como carcinogênicas pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Mas, afinal, o que isso significa e como nos afeta?


O que são carnes processadas?

As carnes processadas são aquelas que sofreram modificações para melhorar seu sabor e ampliar o tempo de conservação. Entre as modificações, podemos citar a adição de sal, processo de defumação, secagem e fermentação.

As carnes processadas são amplamente consumidas pela população. Como exemplo, podemos citar as salsichas, bacon, salame, linguiça, presunto, hambúrgueres, entre outros alimentos.


Por que as carnes processadas foram classificadas como carcinogênicas?

Segundo a IARC (Agência Internacional para a Pesquisa do Câncer) da OMS, as carnes processadas apresentam indícios que as relacionam com o câncer. A categoria escolhida para classificação foi a 1, aquela que inclui todos os produtos sabidamente carcinogênicos. Nessa categoria, também se incluem o cigarro e as bebidas alcoólicas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

As carnes processadas estão relacionadas principalmente com o câncer colorretal. Estima-se que o consumo de 50 gramas de carne processada diariamente aumente em 18% os riscos de surgimento desse tipo de câncer. Vale destacar que, além do câncer colorretal, existe relação entre esse tipo de alimento e o câncer de estômago.


As carnes processadas são tão perigosas quanto o cigarro?

Apesar de o cigarro e as carnes processadas estarem incluídas na mesma categoria de carcinogênicos, não podemos dizer que as duas são perigosas na mesma proporção. A inclusão na mesma categoria está ligada ao fato de que existem dados suficientes para afirmar que esses produtos causam câncer. Diferentemente do tabaco, especialistas afirmam que uma pequena quantidade de carne processada pode ser consumida.


As carnes vermelhas também estão classificadas como carcinogênicas?

As carnes vermelhas não foram classificadas no grupo 1, mas, sim, no grupo 2A, como provavelmente carcinogênicas. Essa classificação deve-se à baixa relação entre a carne vermelha e o câncer, bem como ao fato de a OMS não possuir informações suficientes para a classificação em outra categoria.

O bacon é um exemplo de carne processada e seu consumo deve ser moderado
O bacon é um exemplo de carne processada e seu consumo deve ser moderado
Publicado por: Vanessa Sardinha dos Santos

Assuntos Relacionados