Hanseníase

A hanseníase, conhecida também como lepra, é uma doença infecciosa provocada pela bactéria Mycobacterium leprae que se manifesta principalmente na pele e nos nervos. A transmissão da bactéria ocorre por vias respiratórias, quando o doente fala, pela saliva e por secreções nasais. A bactéria também pode penetrar na pele se houver contato com a ferida do doente.

O período de incubação da doença é relativamente grande, mas se manifesta até 7 anos depois de incubada. Se manifesta em diferentes formas a saber:

Indeterminada: é o estágio inicial da doença que facilmente se chega à cura, ocorre principalmente em crianças. Manifesta-se com uma lesão clara e sensível.

Borderline: é o estágio intermediário da doença. Manifesta-se com mais lesões e manchas grandes na pele.

Tuberculóide: é uma forma benigna da doença que ocorre quando o doente resiste positivamente à bactéria. Manifesta-se com poucas lesões que podem ou não apresentar dor e atrofia muscular.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Lepromatosa: é uma forma mais severa da doença caracterizada pela ausência de imunidade à bactéria. Manifesta-se com grande número de lesões que provocam deformidades, atrofia e inchaço. Também podem ocorrer alterações nos órgãos internos.

Sintomas

Perda das sensações como frio e calor, perda dos movimentos, dormência, manchas mais claras ou avermelhadas na pele, perda de pêlos nas sobrancelhas, diminuição do suor, aparecimento de nódulos sobre a pele, feridas, perda da força muscular, ressecamento dos olhos.

Tratamento

Depois a doença é diagnosticada por um médico especializado, este prescreve um tratamento adequado de acordo com o grau da doença a partir de medicamentos específicos. Este tratamento pode ser realizado em Postos de Saúdes que oferecem os medicamentos gratuitos.

Prevenção

É necessário que as pessoas que mantêm contato com os doentes façam exames para verificar a presença ou não da bactéria no organismo, tentar não ter contato direto com a pele lesionada do doente.

Manifestação da doença
Manifestação da doença
Publicado por: Gabriela Cabral

Assuntos Relacionados