Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Doenças
  3. Doenças virais
  4. Infecção por rotavírus

Infecção por rotavírus

O rotavírus é um vírus de RNA que causa uma diarreia severa, o que pode causar desidratação do paciente.

O rotavírus causa diarreia grave, principalmente em crianças
O rotavírus causa diarreia grave, principalmente em crianças

A infecção por rotavírus, vírus de RNA da família Reoviridae, é uma das principais causas de diarreia grave no mundo. Estima-se que o vírus cause, por ano, aproximadamente 600 mil mortes, principalmente em crianças com menos de cinco anos.

O rotavírus é transmitido por meio da via fecal-oral, água e alimentos contaminados, contato pessoa-pessoa e objetos contaminados. De uma maneira geral, depois da contaminação, os sintomas da doença surgem entre um e três dias.

Sinais e sintomas da infecção por rotavírus

As infecções por rotavírus apresentam sintomas que variam de uma pessoa para outra. Alguns pacientes apresentam quadros assintomáticos (sem sintomas); outros apresentam quadros leves com diarreia de duração limitada e existem ainda aqueles que apresentam casos graves caracterizados pela presença de diarreia, febres e vômitos, sintomas que podem levar a pessoa à desidratação. A diarreia, que normalmente dura de três a sete dias, é explosiva e com aspecto gorduroso, sem a presença de muco e sangue.

Diagnóstico do rotavírus

Para diagnosticar a infecção por rotavírus, é feita uma análise das fezes do paciente para que seja verificada a presença dos vírus. O melhor período para fazer a análise é entre o primeiro e quarto dia após o início dos sinais e sintomas.

Tratamento do rotavírus

Normalmente a doença evolui espontaneamente para a cura, entretanto, é necessário que o tratamento seja feito para que o organismo não sofra com desidratação e distúrbios hidreletrolíticos. Vale destacar, no entanto, que não existe um tratamento específico para a doença, e as recomendações são apenas reposição de água e eletrólitos. Não é necessário realizar a mudança da dieta.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

É importante frisar que, em casos leves, o tratamento pode ser feito em casa com soro e muito líquido. Entretanto, casos mais graves necessitam de internação hospitalar.

Vacina contra rotavírus

A vacina contra rotavírus deve ser aplicada em crianças e está incluída no calendário infantil de imunização desde março de 2006. Essa vacina confere um ampla proteção, com eficácia de aproximadamente 90% na prevenção contra as formas mais graves da doença, e está disponível nos postos de saúde do SUS.

A vacina distribuída em nosso país é oral e é aplicada em duas doses, uma quando a criança apresenta dois meses e outra quando a criança completa quatro meses. Vale destacar que crianças com doença gastrointestinal crônica e com imunodeficiência não podem tomar a vacina.

Prevenção contra o rotavírus

Além da vacina, existem outras formas de se proteger da infecção causada por rotavírus, todas relacionadas com bons hábitos de higiene. Para prevenir-se desse vírus, é fundamental lavar bem as mãos antes das refeições e após ir ao banheiro e sempre limpar bem os alimentos antes do consumo.

Assuntos Relacionados