Leucemia

A leucemia é um conjunto de cânceres que atinge os leucócitos (glóbulos brancos) fazendo com que a medula óssea libere grande quantidade dos mesmos de forma imatura e defeituosa. Dessa forma, a medula fica incapaz de produzir as hemácias (glóbulos vermelhos) e as plaquetas, o que pode provocar uma série de doenças resultantes da má distribuição de oxigênio e gás carbônico aos tecidos, além das hemorragias e doenças resultantes da disfunção das plaquetas.

A leucemia pode ser:

Linfóide: Quando os linfócitos são primeiramente atacados.

Mielóide: Quando as células mielóides são primeiramente atacadas.

Aguda: Quando progride rapidamente produzindo alta quantidade de células imaturas, impedindo o bom funcionamento do organismo. Ocorre tanto em crianças quanto em adultos, deve ser tratada o mais rápido possível.

Crônica: Quando progride de forma mais lenta podendo durar anos, o que permite a produção de células maduras que ainda podem exercer suas funções normalmente. Apesar de ocorrer em todas as faixas etárias, é mais vista em idosos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Sintomas

Sangramentos, dor de cabeça, fadiga, palidez, infecções, vômitos, dor nos ossos e articulações, anemia, falta de ar, dilatação dos nódulos linfáticos, palpitação, visão dupla, aumento do baço, desorientação, febre, manchas na pele e outras.

Tratamento

O tratamento consiste em destruir as células leucêmicas para que a medula volte a produzir leucócitos, hemácias e plaquetas normalmente, mas sofre alterações de acordo com o tipo da doença apresentada. Normalmente utiliza-se a quimioterapia associada com terapia naturopática e ortomolecular além da tentativa de transplante da medula óssea.

Deformação dos glóbulos brancos
Deformação dos glóbulos brancos
Publicado por: Gabriela Cabral

Assuntos Relacionados