Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Doenças
  3. Miopatias

Miopatias

As miopatias são doenças de ordem genética ou não que afetam os tecidos musculares.

Miopatias
Detalhe de um músculo normal e um com distrofia muscular. Na distrofia, ocorre a atrofia e fraqueza dos músculos

Denominamos de miopatias todas as desordens musculares que são restritas ao músculo sem nenhum problema estrutural envolvendo o nervo periférico. Suas causas podem ser genéticas ou não.

Normalmente os portadores dessas doenças não sabem que a possui. O sintoma mais característico, presente em praticamente todos os tipos de miopatia, é a fraqueza muscular. É comum pessoas com miopatias apresentarem dificuldades de locomoção, dificuldade ao levantar e de realizar tarefas rotineiras. Além disso é comum dores e atrofia muscular.

Os principais tipos de miopatias de origem genética são as distrofias musculares de Duchenne e a de Becker. Ambas são resultados de alterações no cromossomo sexual X. Vale destacar que existem outras distrofias como a facio-escápulo-umeral e a óculo-faríngea.

Podemos classificar as miopatias em alguns grupos principais:

- Distrofias musculares – De carácter hereditário, degenerativa e progressiva. Doenças que muitas vezes ocasionam a morte de seu portador. A forma mais comum de distrofia é a de Duchenne, que se caracteriza pelo comprometimento muscular logo no início da vida, antes de o paciente completar 5 anos. A doença piora progressivamente, levando à incapacidade de movimentação.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

- Miopatia congênita – De carácter hereditário, porém não degenerativa. Pode ser um padrão de herança autossômico ou ligado ao X. Entre os principais tipos de miopatias congênitas podemos citar: miopatia de central core, miopatia centronuclear, miopatia miotubular e miopatia multiminicore.

- Distrofia miotônica – Doença autossômica dominante, caracterizada pela contração do músculo mesmo após o esforço voluntário. Essa miopatia também é chamada de doença de Steinert. Com o avanço dessa doença ocorre o acometimento do coração, que ocasiona a arritmia.

- Miopatias inflamatórias – Relacionadas com inflamações dos músculos e consequente destruição das fibras. É um tipo de miopatia autoimune e ainda com causas desconhecidas. Os dois principais tipos de miopatias inflamatórias são: dermatomiosite e polimiosite.

- Miopatias metabólicas primárias – Defeitos no metabolismo que afetam o tecido muscular.

As miopatias são doenças que terão seu tratamento de acordo com o tipo encontrado no paciente. Em todos os casos o tratamento com fisioterapeutas é essencial para uma melhor qualidade de vida.

Assuntos Relacionados