Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Doenças
  3. Doenças psicológicas
  4. Síndrome da Fadiga Crônica

Síndrome da Fadiga Crônica

A Síndrome da Fadiga Crônica é uma condição clínica que se caracteriza pela manifestação súbita de sintomas físicos e psicológicos. É em larga escala confundida com o cansaço provocado por algumas doenças auto-imunes, cardiovasculares, por depressão, doenças endócrinas e outras, mas é diferente já que ocorre normalmente quando o sistema imunológico sofre algum tipo de baixa que não seja relacionado a doenças. A fadiga crônica também é caracterizada pela manifestação persistente de tais sintomas, ou seja, os sintomas permanecem ocorrendo no organismo num período superior a seis meses.

Dentre os sinais que podem caracterizar a síndrome citamos a cefaléia, dores musculares e nas articulações, distúrbios de memória e do sono, cansaço logo após acordar e irritabilidade. Apesar de pouco conhecida, a fadiga crônica é bastante comum ocorrendo em milhares de indivíduos, sendo que acomete principalmente o sexo feminino. Existem estudiosos da síndrome que acreditam que podem haver relações entre a síndrome da fadiga crônica e predisposições genéticas, pela idade, pelo grau de estresse, por infecções e fatores ambientais.

Infelizmente pela falta de estudos direcionados a tal condição clínica, não se sabe ao certo o que a provoca e a maneira de proceder aos tratamentos. Acredita-se que em situações originadas por questões transitórias pode-se haver um resultado satisfatório, mas também se acredita não haver cura definitiva para tal problema. Para melhorar a condição de vida em indivíduos portadores da síndrome, é indicado que haja uma dieta equilibrada, uso moderado de álcool, melhora do condicionamento físico e reabilitação fisioterápica.
O cansaço contínuo após o descanso noturno pode caracterizar a síndrome.
O cansaço contínuo após o descanso noturno pode caracterizar a síndrome.
Publicado por: Gabriela Cabral

Assuntos Relacionados