Tuberculose

A tuberculose é uma doença bacteriana transmitida pelo ar que acomete qualquer órgão do corpo, como pulmões, meninges e rins.

A tuberculose é uma doença infectocontagiosa transmitida pelo ar, causada por uma bactéria chamada Mycobacterium tuberculosis, também conhecida como bacilo de Koch. O bacilo recebeu esse nome em homenagem a Robert Koch, que identificou esse agente etiológico. A tuberculose é uma doença grave que acomete todas as idades, entretanto, existe maior incidência em crianças.

Quando uma pessoa contaminada conversa, tosse ou espirra, as gotículas de saliva são lançadas no ar junto aos bacilos. Isso faz com que a transmissão ocorra de maneira relativamente simples, uma vez que a bactéria pode ser inalada facilmente por uma pessoa sadia.

O bacilo, quando inalado, pode ficar restrito ao sistema respiratório superior ou, então, atingir os alvéolos. Nesse último caso, inicia-se a infecção, com a multiplicação dessa bactéria e sua migração para todo o corpo através da corrente sanguínea.

O sistema imune, através da ação dos macrófagos, pode manter a infecção sob controle. É importante frisar que pessoas infectadas, mas que não apresentam os sintomas da doença, não são capazes de disseminá-la. Quando o sistema imune não é mais capaz de barrar a infecção, ocorre o desenvolvimento da tuberculose. Estima-se que apenas cerca de 10% das pessoas infectadas pela bactéria desenvolvem a patologia, sendo que isso pode ocorrer em qualquer fase da vida.

Qualquer órgão pode ser acometido pelo bacilo de Koch, entretanto, há mais registros de envolvimento dos pulmões, pleura, rins, cérebro e ossos. Os sinais e sintomas da tuberculose estão ligados ao órgão acometido. Quando a tuberculose é pulmonar, os sintomas clássicos são tosse persistente por três semanas ou mais, com ou sem catarro, febre vespertina sem calafrios, sudorese noturna e emagrecimento.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Para a realização do diagnóstico, são necessárias a observação dos sintomas e a realização de exames bacteriológicos, como a baciloscopia ou cultura. Algumas vezes, solicita-se a realização de exame radiológico como um método auxiliar para o diagnóstico, uma vez que permite a verificação da extensão do comprometimento do pulmão.

O tratamento é realizado através da administração de vários medicamentos diários por um período de aproximadamente seis meses. Se feito corretamente e seguindo as recomendações médicas, pode haver a cura total da doença. Uma atenção maior deve ser dada aos grupos com alto risco, tais como idosos, pessoas infectadas com HIV, alcoólatras e pacientes com insuficiência renal.

O melhor método de prevenção é a vacinação. A vacina BCG, que combate a tuberculose, deve ser aplicada em crianças, se possível, logo após seu nascimento, uma vez que não é eficiente em indivíduos já contaminados. Ela é aplicada no braço direito da criança e deixa como marca uma cicatriz. É importante destacar que a vacina protege apenas contra as formas graves da doença.

Tosse persistente é um dos sintomas da tuberculose
Tosse persistente é um dos sintomas da tuberculose
Publicado por: Vanessa Sardinha dos Santos

Assuntos Relacionados