Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Drogas
  3. Substâncias químicas do “Boa noite, Cinderela”

Substâncias químicas do “Boa noite, Cinderela”

O golpe “Boa noite, Cinderela” está relacionado com uma mistura formada por bebida alcoólica (veículo da composição) e um ou mais alcaloides.

O “Boa noite, Cinderela” é um golpe no qual a vítima é dopada ao ingerir uma bebida alcoólica misturada com uma ou mais substâncias alcaloides (de origem natural ou sintética). O etanol (álcool utilizado em bebidas alcoólicas), nesse caso, é usado como potencializador dos efeitos da substância.

Homens e mulheres podem ser vítimas do “Boa noite, Cinderela”, um golpe aplicado por pessoas mal-intencionadas com o intuito de realizar assaltos, sequestros ou abusar sexualmente da vítima. Ao ingerir a bebida misturada com a droga, a pessoa tem sua atenção e memória afetadas, o que a torna submissa ao criminoso.

Além de estar suscetível aos crimes citados, a pessoa que cai no “Boa noite, Cinderela” também pode ter sua saúde afetada e pode, até mesmo, morrer, pois não se sabe como a droga fará efeito em seu organismo.

Veja também: Os efeitos do excesso de álcool no organismo


1- Alcaloides

Alcaloides são substâncias químicas que representam cerca de 20% de todas as substâncias naturais existentes. Apresentam uma grande diversidade estrutural e possuem grupos funcionais oxigenados e/ou nitrogenados em cada uma de suas estruturas.

Atropina é um alcaloide tóxico extraído da planta denominada Atropa belladonna.
Atropina é um alcaloide tóxico extraído da planta denominada Atropa belladonna.

Analisando a fórmula estrutural da atropina, podemos identificar as funções álcool, éster e amina.

Os alcaloides são utilizados desde a Antiguidade por suas propriedades medicamentosas, mas são também conhecidos pelos efeitos tóxicos que podem apresentar, pois alguns alcaloides funcionam como veneno.

A partir do conhecimento da composição química dos alcaloides, muitas substâncias químicas foram desenvolvidas com o intuito de atuarem como medicamentos para combater envenenamentos, por exemplo. Infelizmente, seu uso não se restringiu a esse aspecto, e os alcaloides passaram a ser usados como droga por muitos indivíduos que buscam fugir da realidade.

A cocaína é um alcaloide oxigenado.
A cocaína é um alcaloide oxigenado.

Observe que, na estrutura química da cocaína, estão presentes as funções éster e amina. Essa estrutura apresenta uma grande relação com a estrutura da atropina, porém há diferenças entre elas. Além das diferenças em relação à cadeia química, os efeitos que essas substâncias causam no organismo também são diferentes. A cocaína causa náusea, euforia intensa, perda de apetite, ansiedade, entre outros efeitos. Já a atropina causa diminuição do suor, febre, fraqueza, tontura, sensibilidade à luz e perda do paladar.


2- Substâncias químicas usadas no “Boa noite, Cinderela”

Entre as substâncias químicas utilizadas no golpe “Boa noite, Cinderela”, temos a escopolamina, os subprodutos da dimetiltriptamina, a cetamina, o flunitrazepam, o gama-hidroxibutírato (GHB) e alguns anti-histamínicos. Uma ou mais dessas substâncias administradas juntamente com álcool formam uma droga, que pode ser utilizada no “Boa noite, Cinderela”.


2.1- Escopolamina

É um medicamento utilizado para espasmos gastrointestinais, renais e biliares, porém pode levar a efeitos colaterais, como alucinações e delírios.

Fórmula estrutural do medicamento escopolamina.
Fórmula estrutural do medicamento escopolamina.

Na molécula desse composto, estão presentes as funções orgânicas amina, éster, álcool e éter.


2.2- Dimetil-triptamina

É o nome de uma substância presente em plantas, animais e no próprio ser humano. Ainda não se tem um completo estudo sobre seu efeito ou sobre sua importância no sistema nervoso central. Sabe-se, porém, que tanto ela quanto seus subprodutos têm influências na ansiedade.


Fórmula estrutural da substância dimetil-triptamina ou DMT.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Na molécula desse composto, está presente a função orgânica amina.


2.3- Cetamina

É o nome de uma substância utilizada como anestésico, analgésico e também no tratamento de estados de depressão profunda.


Fórmula estrutural do medicamento cetamina.

Na molécula desse composto, estão presentes as funções orgânicas amida e haleto orgânico.


2.4- Flunitrazepam

É um medicamento de uso controlado, utilizado com a finalidade de diminuir crises de ansiedade e distúrbios do sono.

Fórmula estrutural do medicamento flunitrazepam.
Fórmula estrutural do medicamento flunitrazepam.

Na molécula desse composto, estão presentes as funções orgânicas amida, amina, nitrocomposto e haleto orgânico.


2.5- Gama-hidroxibutírato (GHB)

É uma substância que foi desenvolvida para simular o efeito inibidor do neurotransmissor ácido gama-aminobutírico (GABA). O GHB, porém, pode promover convulsões, redução do ritmo respiratório, queda do nível de consciência e, por isso, seu uso é controlado.


Fórmula estrutural da substância GHB.

Na molécula desse composto, estão presentes as funções orgânicas ácido carboxílico e álcool.


3- Efeitos das drogas do “Boa noite, Cinderela”

As substâncias descritas acima podem ser administradas juntamente com uma bebida alcoólica, que tem capacidade potencializadora. Na aplicação do golpe “Boa noite, Cinderela”, o álcool é também usado com o intuito de disfarçar o crime, pois a reação da vítima dopada é facilmente confundida com a de uma pessoa embriagada.

Os efeitos das drogas usadas no “Boa noite, Cinderela” variam de indivíduo para indivíduo e dependem da dose ingerida. Os sintomas mais comuns são amnésia, sonolência, inconsciência, alucinações, vômitos, podendo evoluir para um estado de coma.

Além dos sintomas relatados, a vítima do “Boa noite, Cinderela” perde a inibição e não consegue discernir o certo e o errado. Dessa forma, não é capaz de agir ou tomar decisões de forma consciente, ficando vulnerável às intenções de outra pessoa.

O efeito de perda de memória causado pelas substâncias do “Boa noite, Cinderela” é chamado no meio médico de blackout. Esse efeito pode ocorrer de forma total ou fragmentada. No blackout total, a pessoa não se lembra de nada do que ocorreu durante a intoxicação. Já no blackout parcial, a pessoa lembra-se de fragmentos do que ocorreu durante o período em que esteve dopada.

Veja também: Como proceder quando encontrar uma pessoa desmaiada?


4- Duração do efeito do “Boa noite, Cinderela”

A duração da intoxicação pelas drogas usadas no “Boa noite, Cinderela” depende da quantidade, do tipo de substância utilizada e da resposta do organismo da pessoa que foi drogada. De acordo com diversos relatos, o tempo pode variar de algumas horas a 24 horas.

É importante considerar que, caso seja usado benzodiazepínico no golpe “Boa noite, Cinderela”, a vítima pode ter uma parada cardiorrespiratória.


5- Dicas para não cair no golpe do “Boa noite, Cinderela”

• Não aceite bebidas de estranhos;

• Sempre peça sua bebida diretamente ao garçom ou vá ao balcão de atendimento e faça você mesmo a retirada;

• No caso de bebidas com lacre, sempre verifique se não foi violado;

• Descarte sua bebida se ela tiver ficado sobre a mesa durante o período em que você saiu para dançar ou foi ao banheiro, por exemplo;

• Durante uma conversa com algum estranho em uma balada ou festa, por exemplo, sempre mantenha o copo no seu campo de visão.

As substâncias do “Boa noite, Cinderela” provocam muita sonolência.
As substâncias do “Boa noite, Cinderela” provocam muita sonolência.
Publicado por: Diogo Lopes Dias

Assuntos Relacionados