Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Física
  3. Curiosidades de Física
  4. A contribuição da física para o desenvolvimento de novos conhecimentos e tecnologias

A contribuição da física para o desenvolvimento de novos conhecimentos e tecnologias

O telescópio Hubble, os circuitos optoeletrônicos, a ressonância magnética são exemplos das contribuições da física para o surgimento de novas tecnologias e novas áreas do conhecimento.

A física é uma ciência em construção! Muitas de suas hipóteses, leis e modelos se mostram satisfatórias para explicar o mundo ao nosso redor, mas as teorias vão evoluindo e um conhecimento vai superando o outro, e novas áreas do conhecimento assim como novas tecnologias vão surgindo e tornando nosso mundo mais dinâmico e surpreendente.

Apresentamos a seguir cinco áreas do conhecimento que estão ligadas ao saber físico. São campos do estudo científico que apresentaram nas últimas décadas uma grande quantidade de novos conhecimentos e novas tecnologias.

ASTRONOMIA

Com o desenvolvimento de uma série de novos telescópios, com poder de alcance jamais imaginado, imagens do universo puderam ser captadas e um novo cosmos se abriu diante de nós. O maior exemplo desse desenvolvimento da astronomia é o telescópio Hubble, lançado no espaço em 1990 e que até hoje envia imagens e informações do universo.

O objetivo de colocar um telescópio direto no espaço é eliminar as interferências causadas pela atmosfera nas observações. Em um futuro não muito distante teremos novos telescópios munidos de sofisticados recursos computacionais que fazem a correção das interferências da atmosfera, e não mais lançaremos telescópios para o espaço.

Outro exemplo é o satélite COBE (cosmic background explorer – Explorador da radiação de fundo), que capta radiações não visíveis vindas do espaço que podem auxiliar no desenvolvimento dos estudos sobre a origem do universo.

O desenvolvimento dos estudos em astronomia tem permitido à ciência a descoberta de um grande número de planetas, estrelas e galáxias, além de permitir um maior conhecimento sobre o início do universo. A imagem abaixo, tirada por um telescópio, mostra uma infinidade de galáxias e outros corpos celestes.

FOTÔNICA

A fotônica desenvolve tecnologias com aplicações baseadas na luz e sua emissão, transmissão, amplificação etc. Como exemplos podemos citar os pulsos de laser utilizados na indústria como ferramenta de soldagem e no tratamento de superfícies, nos leitores de CDs e DVDs, impressoras e os circuitos optoeletrônicos, que estão substituindo os circuitos comuns de computadores e dando início à chamada computação fotônica.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

FÍSICA MÉDICA

A física médica trata do desenvolvimento de conhecimentos e tecnologias voltadas para o tratamento de doenças, diagnósticos, equipamentos cirúrgicos etc. Os aparelhos para realização de minuciosas cirurgias oftalmológicas e o equipamento de ressonância magnética são exemplos da fantástica contribuição da física médica. A imagem abaixo é de um exame de ressonância magnética.

FÍSICA DE PARTÍCULAS

Existem perguntas que todos nós, em algum momento da vida, já fizemos: de onde viemos? Do que somos feitos? Como começou o universo? A física de partículas, responsável pelo estudo do misterioso mundo das partículas elementares, pode nos ajudar a responder essas perguntas.

Com o objetivo de conhecer mais sobre nossas origens e sobre a estrutura da matéria, o LHC (Larg Hadron Collider – Grande colisor de Hádrons) maior acelerador de partículas da atualidade, entrou em funcionamento em 2010. Construído sobre a fronteira da Suíça com a França, o LHC é utilizado para colidir partículas a velocidades muito próximas à da luz e, assim, recriar as condições iniciais do universo e descobrir a composição das partículas.

Uma curiosidade é que foi no CERN (Centro europeu para pesquisa nuclear), instituição responsável pela construção do LHC, que surgiu a rede “www” (world wide web – rede mundial de computadores) e tinha como objetivo inicial agilizar a troca de informações entre os colaboradores do centro.

NANOTECNOLOGIA

A nanotecnologia permite a manipulação individual dos átomos, podendo trazer contribuições além do imaginado. Com o desenvolvimento da nanotecnologia seria possível, por exemplo, a partir do lixo, reaproveitar átomos de alguns elementos como carbono, oxigênio, nitrogênio e hidrogênio, reorganizá-los e criar elementos úteis como água, petróleo etc.

Repare o quanto a física já contribui e ainda contribuirá com o mundo à nossa volta. Entender essa ciência nos permite entender a vida!

Ao longo dos anos a física tem contribuído para o surgimento de novas tecnologias e novos conhecimentos que contribuem imensamente com nossas vidas
Ao longo dos anos a física tem contribuído para o surgimento de novas tecnologias e novos conhecimentos que contribuem imensamente com nossas vidas
Publicado por: Joab Silas da Silva Júnior

Assuntos Relacionados