Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Física
  3. Eletricidade
  4. Capacidade Eletrostática

Capacidade Eletrostática

De acordo com a definição do dicionário Aurélio, a palavra capacidade tem as seguintes definições: 1 – Volume ou âmbito interior de um corpo vazio. 2 – Qualidade que a pessoa ou coisa tem de satisfazer para determinado fim.

Essa segunda definição faz referência a qualquer pessoa que conhecemos, por exemplo: um médico tem a capacidade técnica e pessoal de bem atender seus pacientes; um vendedor deve ter a capacidade de expor bem seus produtos de forma que consiga negociá-los, etc. Que capacidade deve ter o aluno? Embora essa pergunta possua diversas respostas, basicamente, um aluno deve ter a capacidade de aprender aquilo que lhe é ensinado.

Como já sabemos, condutores de eletricidade, ao serem eletrizados, adquirem cargas elétricas. Conforme seja sua forma geométrica, suas dimensões e o meio em que se encontram, esses condutores podem apresentar maior ou menor capacidade de armazenar as cargas elétricas que recebem, ou melhor, que adquirem. Sendo assim, podemos definir que:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Capacidade eletrostática de um condutor de eletricidade está associada à sua aptidão de armazenar, por um tempo curto, energia potencial elétrica.

Chamamos de C a capacidade eletrostática do condutor, de Q a carga elétrica que ele armazena e de U seu potencial elétrico. Dessa forma, podemos escrever:

Para um determinado condutor elétrico, se aumentarmos a carga elétrica de uma maneira diretamente proporcional, seu potencial elétrico também aumentará. Dessa forma, sua capacidade eletrostática permanece constante. No Sistema Internacional de Unidades, a carga elétrica é medida em coulomb (C), o potencial elétrico é dado em volt (V) e a capacidade eletrostática é dada em farad (F).

Material condutor carregado
Material condutor carregado
Publicado por: Domiciano Correa Marques da Silva

Assuntos Relacionados