Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Física
  3. Curiosidades de Física
  4. Cinco coisas que você provavelmente não sabia sobre a eletricidade

Cinco coisas que você provavelmente não sabia sobre a eletricidade

“A eletricidade está presente no nosso dia a dia e é responsável por vários fenômenos que nos intrigam.”

1ª) A pele humana é muito isolante (se estiver seca)

A pele humana apresenta uma resistência elétrica, medida em ohms (Ω), extremamente alta, da ordem de 100.000 Ω. Como consequência, a corrente elétrica formada pelo corpo quando exposto a um choque de 220 V é de aproximadamente 0,002 A. No entanto, se a pele estiver molhada, sua resistência elétrica é reduzida para somente 1000 Ω. Nesse caso, uma descarga elétrica de 220 V pode promover uma corrente elétrica de 0,2 A, possivelmente fatal. Entre os efeitos da corrente elétrica, podemos listar grande dor muscular, paralisia, queimaduras devido ao Efeito Joule e até mesmo paradas cardíacas. Um dos choques mais letais é aquele que tomamos no braço esquerdo, pois ele está no mesmo caminho dos músculos cardíacos.

2ª) Por que as aves não tomam choque em fios elétricos?

Provavelmente você já deve ter visto alguns pombos sentados em fios de poste e se perguntado o motivo de essas aves não tomarem “choques”. A resposta a esse questionamento é simples: cada um dos fios dos postes apresenta um valor de potencial elétrico. Quando a ave pousa no fio, ela fica sob o mesmo potencial do fio. Para essa ave sofrer um choque elétrico, seria necessário haver uma diferença de potencial entre as suas patas. Como não essa diferença, não há formação de corrente elétrica pelo seu corpo.

3ª) Por que, às vezes, levamos choques de outras pessoas?

A pele humana encontra-se no topo da série triboelétrica. Isso significa que ela tem uma tendência muito grande em perder elétrons quando atritada com outros materiais. Quando nos movemos, a pele se atrita com as nossas roupas e até mesmo com o ar. Esse atrito retira elétrons da pele e ela adquire carga positiva. Ao tocarmos em alguém, essas cargas tendem a ser transferidas por meio da eletrização por contato e o que sentimos é o efeito da passagem dos elétrons de um corpo para o outro.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

4º) Nosso corpo produz eletricidade

O corpo humano funciona por meio de impulsos elétricos. Desde os sinais químicos emitidos pelas células até as contrações musculares são controladas por pequenas correntes elétricas. A eletricidade usada pelo nosso corpo é produzida a nível celular por meio de uma diferença na concentração de eletrólitos positivos e negativos: o sódio e o potássio, presentes no interior e no exterior das células em suas formas iônicas. A diferença de concentração de íons positivos e negativos produz uma corrente elétrica conhecida como bomba de sódio potássio.

5º) Visualizando a fiação elétrica

Durante alguma viagem, você já deve ter notado aquelas bolas laranjas ou vermelhas penduradas nos fios de alta-tensão e se perguntado o motivo de estarem ali. Sua função é a de sinalização aérea, principalmente porque a distribuição de eletricidade em altas-tensões é feita em áreas rurais e podem ocorrer acidentes envolvendo pequenos aviões usados para aplicação de agrotóxicos nas plantações.

Publicado por: Rafael Helerbrock
Os fios de alta-tensão geralmente estão em potenciais elétricos de até 13.800V
Os fios de alta-tensão geralmente estão em potenciais elétricos de até 13.800V

Assuntos Relacionados