Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Física
  3. Eletricidade
  4. Corrente alternada

Corrente alternada

As correntes elétricas geradas por pilhas e baterias são do tipo contínuo, ou seja, elas percorrem o fio condutor sempre num mesmo sentido. Essas fontes de tensão elétrica possuem sempre dois polos distintos, ou seja, um polo positivo e um polo negativo. O sentido da corrente elétrica, nesse circuito, é sempre aquele indicado (sentido horário).

A corrente elétrica que recebemos em nossas residências é do tipo alternada. Essa espécie de corrente sofre inversão de sentido constantemente. No sistema brasileiro de transmissão de energia elétrica, ocorrem 120 inversões a cada segundo, ou seja, a corrente elétrica, a cada segundo, percorre o condutor 60 vezes num sentido e 60 vezes em sentido contrário.

Por isso, dizemos que a corrente elétrica no Brasil tem frequência de 60 Hz ou 60 ciclos por segundo. Alguns países, como o Japão, utilizam a frequência 50 Hz. Em razão dessas diversas inversões de sentido, que ocorrem a cada segundo em correntes alternadas, não podemos identificar, por exemplo, em uma tomada, qual dos polos é positivo ou negativo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A figura abaixo nos mostra como varia a intensidade da corrente elétrica em função do tempo.

Diagrama da corrente alternada em função do tempo

Física e tecnologia

O alternador utilizado nos veículos é o responsável por gerar corrente elétrica, que alimenta os circuitos elétricos do carro, bem como recarrega a bateria que funciona no momento em que o automóvel não está funcionando. É bom lembrar que alternador é diferente de gerador. Embora sejam muito parecidos, possuem uma diferença básica: os alternadores geram correntes alternadas, enquanto os geradores (dínamos) geram corrente contínua.

Publicado por: Domiciano Correa Marques da Silva
Circuito elétrico simples de corrente contínua
Circuito elétrico simples de corrente contínua

Assuntos Relacionados