Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Física
  3. Eletricidade
  4. Efeitos da Corrente Elétrica no Corpo Humano

Efeitos da Corrente Elétrica no Corpo Humano

Os efeitos da corrente elétrica no corpo humano dependem da sua intensidade. Entre as consequências do choque elétrico, podemos citar formigamentos e até a morte.

Efeitos da Corrente Elétrica no Corpo Humano
Ao passar pelo corpo, a corrente elétrica pode gerar, dependendo do seu valor, desde formigamentos até a morte

A corrente elétrica é um fenômeno que pode levar um ser humano à morte. Quando se estabelece uma diferença de potencial entre dois pontos do corpo humano, flui uma corrente elétrica entre eles. A intensidade dessa corrente depende da diferença de potencial e da resistência elétrica entre esses pontos sobre os quais se aplica a voltagem, por exemplo, a resistência elétrica entre as orelhas é igual a 100 Ω, aproximadamente.

A sensação de choque elétrico surge com correntes elétricas de intensidade superior a 1 mA. Com correntes superiores a 10 mA, os músculos contraem-se, o que dificulta, por exemplo, o pulo (salto). Correntes próximas de 20 mA tornam a respiração mais difícil, a qual pode cessar com correntes que chegam a 80 mA. As correntes elétricas que chegam a matar são aquelas cuja intensidade está compreendida na faixa entre 100 mA e 200 mA. Com intensidade próxima dos 100 mA, as paredes do coração executam movimentos descontrolados, o que é chamado de fibrilação. As correntes que chegam a ultrapassar os 200 mA não são tão perigosas quanto as de 100 mA, pois as contrações musculares do coração são tão violentas que esse órgão fica paralisado, fato que acaba aumentando a possibilidade de sobrevivência de um ser humano submetido a esse tipo de choque elétrico.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Ao contrário do que muitos pensam, as correntes elétricas mais perigosas são aquelas que têm intensidades relativamente mais baixas, que podem ser obtidas em eletrodomésticos comuns que funcionam a 110 V e 220 V. Correntes mais intensas podem provocar desmaios e fortes queimaduras, porém não chegam a matar de imediato.

O socorro a uma vítima de choque elétrico deve ser rápido, começando pelo corte da tensão elétrica. Caso não seja possível cessá-la, deve-se retirar a pessoa do local com um material que seja isolante, como materiais plásticos. Feito isso, é necessário chamar os bombeiros, que são pessoas altamente preparadas para esse tipo de atendimento emergencial.

Assista às nossas videoaulas

Assuntos Relacionados