Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Física
  3. Termologia
  4. Escalas termométricas

Escalas termométricas

Como existem três escalas termométricas em uso no mundo, é muito importante conhecê-las e saber converter os valores de temperatura entre elas.

A escala Celsius é a mais utilizada na maior parte dos países
A escala Celsius é a mais utilizada na maior parte dos países

Uma escala termométrica é composta por valores estabelecidos de forma arbitrária a partir dos pontos de fusão e ebulição da água. A sua função é medir temperaturas, mostrando por meio de seus valores se um corpo está quente ou frio.

Construir uma escala termométrica é algo extremamente fácil, por isso, com o desenvolvimento dos estudos em Termologia, no século XVIII, existiam cerca de 40 escalas em uso. Hoje as escalas utilizadas são apenas três: Celsius, Fahrenheit e Kelvin.

Escala Celsius

A maioria dos países utiliza a escala Celsius como escala termométrica oficial. Ela foi criada no século XVIII pelo sueco Anders Celsius e possui cem intervalos. É por isso que ela é chamada de escala centígrada. Os valores adotados por Celsius para os pontos de fusão e ebulição são, respectivamente, 0 e 100.

Escala Fahrenheit

Criada em 1714 pelo alemão Daniel Fahrenheit, essa escala é a mais utilizada por países de língua inglesa. Fahrenheit criou o primeiro termômetro de mercúrio que funcionou de forma satisfatória e, após fazer medidas baseadas no ponto de fusão da água e na temperatura normal do corpo humano, os valores dos pontos de fusão e ebulição para a sua nova escala foram estabelecidos.

Note que essa escala não é centígrada, pois possui 180 intervalos (212 – 32 = 180).

Escala Kelvin

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Conhecida como a escala absoluta por não possuir valores negativos, a escala Kelvin foi construída pelo irlandês William Thomson (conhecido como lorde Kelvin). Essa escala foi desenvolvida com base na mínima temperatura existente possível, o zero absoluto, que corresponde a aproximadamente – 273 °C. Para o zero absoluto, Kelvin atribuiu o valor zero (0K), de modo que o ponto de fusão da água ficou como 273 K e o ponto de ebulição ficou como 373K.

Por determinação do Sistema Internacional de Unidades, não se usa o símbolo de grau (°) para a escala Kelvin.

A escala Kelvin, por apresentar 100 intervalos entre os pontos de fusão e ebulição, também é uma escala centígrada.

Conversão entre as escalas termométricas

Como atualmente existem três escalas termométricas em uso, faz-se necessária uma equação de conversão entre elas para que seja possível passar quaisquer valores de temperaturas de uma escala à outra.

Veja a equação de transformação entre as escalas termométricas:

TC = Temperatura na escala Celsius;

TF = Temperatura na escala Fahrenheit;

TK = Temperatura na escala Kelvin.

EXEMPLO:

Converta 113°F para °C.

Quando um termômetro graduado na escala Fahrenheit marcar 113°F, um termômetro graduado em Celsius marcará 45°C. Essas duas temperaturas representam o mesmo estado de agitação molecular, só estão escritas em escalas termométricas diferentes.

Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
loading...

Assuntos Relacionados