Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Física
  3. Mecânica
  4. Força centrípeta

Força centrípeta

Vemos nos parques de diversões vários brinquedos que executam movimentos circulares. Graças a esse tipo de movimento é que alguns desses brinquedos conseguem efeitos surpreendentes. Por exemplo, a montanha-russa consegue mover-se de cabeça para baixo e nos rotores as pessoas mantêm-se presas à lateral de plataformas cilíndricas girantes.

A segunda lei de Newton nos diz que o efeito de uma força é produzir aceleração. Portanto, se um corpo de massa m possui um movimento circular uniforme, podemos dizer que ele está sujeito a uma aceleração centrípeta  . Dessa forma, dizemos que a força resultante FR é exercida sobre esse corpo na mesma direção e sentido da aceleração.

A força responsável por provocar uma aceleração centrípeta no corpo recebe o nome de força centrípeta (Fc). Em outras palavras, se  , então  . Seguindo esse raciocínio também podemos expressar a segunda lei de Newton para o MCU, como:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Como o módulo de   pode ser expresso em função do módulo v da velocidade e do raio r, ou em função da velocidade angular ω e do raio r, podemos obter duas expressões para o módulo da força centrípeta, são elas:

Temos que lembrar que a força centrípeta é apenas uma denominação particular da força resultante exercida sobre o corpo em MCU, portanto ela não pode ser considerada como sendo um novo tipo de força. A força centrípeta pode ser exercida sobre um corpo por meio dos mais variados tipos de força, isoladamente ou somadas vetorialmente.

Publicado por: Domiciano Correa Marques da Silva
Corpo em movimento circular uniforme
Corpo em movimento circular uniforme
Assista às nossas videoaulas

Assuntos Relacionados