Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Física
  3. Mecânica
  4. Funções horárias do movimento de queda livre

Funções horárias do movimento de queda livre

Sistema de referência para o movimento de queda livre, com orientação do eixo para baixo
Sistema de referência para o movimento de queda livre, com orientação do eixo para baixo

Em nosso cotidiano sempre nos deparamos com situações em que objetos caem em direção ao solo. Isso acontece quando deixamos cair uma borracha, uma caneta, um copo etc. Embora estejamos rodeados de fenômenos de queda, podemos dizer que o movimento de queda livre não existe em nosso dia a dia porque não é possível desprezar a resistência do ar. Isso só seria possível em laboratórios ou fazendo uso de uma bomba de vácuo, conhecida também como tubo de Newton.

Com a ajuda desse dispositivo podemos retirar o ar contido em um recipiente através de uma bomba de sucção. Sendo assim, um objeto abandonado de uma certa altura cai em queda livre.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Um determinado corpo em movimento de queda livre estará sujeito apenas a uma força: a força peso. A força peso que age sobre um corpo em movimento de queda livre possui o mesmo sentido do movimento. Sendo assim, podemos dizer que se trata de um Movimento Retilíneo Uniformemente Variado (MRUV).

Como se trata de um MRUV, podemos fazer uso de equações matemáticas para descrever o movimento de queda livre. Vejamos abaixo as equações horárias que descrevem o movimento de queda livre:

V= g.t (velocidade em relação ao tempo)

V2=2.g.∆s (velocidade em relação à posição)

Assuntos Relacionados