Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Física
  3. Física Moderna
  4. O princípio da relatividade

O princípio da relatividade

O princípio da relatividade mostra que nada é absoluto e que tudo é relativo. Um dos principais colaboradores desse princípio foi Albert Einstein.

O princípio da relatividade
Albert Einstein e a energia relativística

O princípio da relatividade se deu a partir do momento em que o aprofundamento dos estudos voltados para o microcosmo e a estrutura atômica da matéria não podiam ser explicados pela física clássica. Esse fato intrigou a sociedade científica, porque parecia que as leis da natureza, antes compreendidas, passaram a obedecer novas leis.

O estudo da relatividade mostrou à sociedade científica que suas teorias estavam de certo modo ultrapassadas; não havia, na verdade, precisão e exatidão no que era feito, faltava algo mais.

E o “algo mais” era exatamente a relatividade. Muitos físicos se recusaram a acreditar que tudo o que havia sido estudado e descoberto antes desse momento era incompleto, já outros abandonaram seus estudos e pesquisas.

Hoje, um século depois, podemos cotidianamente usufruir desse estudo, chamado física moderna. Através dela, hoje é possível termos previsões muito mais exatas e precisas do que antes, como, por exemplo, calcular o tempo em que haverá o pôr do sol hoje, com acertos existentes até na casa dos nanossegundos, mas em alguns outros casos também a incerteza é a única certeza que temos, como, por exemplo, o que acontece com os objetos que entram em um buraco negro.

Toda essa nova descoberta foi necessária para mostrar aos físicos que nada é absoluto e que tudo é relativo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Isso foi necessário, também, para mostrá-los que as coisas não eram como pensavam. Os físicos acreditavam que estavam prestes a descobrir a total compreensão do comportamento da natureza e das leis que regem o universo. Todo o novo conhecimento adquirido pelos físicos serviu para mostrar-lhes sua limitação mesmo tendo tanta sabedoria.

Albert Einstein contribuiu muito para o desenvolvimento desse princípio, porque mostrou que velhas ideias sobre a relatividade estavam erradas.

A teoria de Einstein possibilitou resultados precisos para todas as velocidades possíveis que jamais haviam sido observadas.

Conclusão: A relatividade se dedica ao estudo de acontecimentos, do tipo: onde acontecem, quando acontecem e qual a distância que os separa no espaço e no tempo.

Dois postulados em que se baseia a teoria de Einstein:

1. Não existe referencial absoluto. As leis da física são as mesmas para todos os referenciais inertes (em repouso).

2. A velocidade da luz é a mesma em todas as direções, ou seja, tem o mesmo valor em todos os referenciais inerciais.

Por Talita A. Anjos
Graduada em Física
Equipe Mundo Educação
 

Assuntos Relacionados