Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Física
  3. Astrofísica
  4. O que é um ano-luz?

O que é um ano-luz?

Comumente recebemos informações que são dadas em forma de medidas de distâncias. Por exemplo, podemos ter a informação de que a distância de uma cidade à outra é de 200 km, que uma porta tem comprimento de 2 m ou que uma criança que acaba de vir ao mundo nasceu com 51 cm. Essas informações não causam nenhum espanto, pois as noções de distância envolvendo quilômetros, metros e centímetros são unidades usadas por todos e a todo o momento.

Apesar de termos familiaridade com as unidades mencionadas acima, existem situações em que estas não são tão eficientes. Por exemplo, para medir as distâncias entre os astros, o quilômetro não é muito apropriado, pois estas distâncias são extremamente grandes. Assim, usa-se outra unidade de medida para realizar essas medições, denominada ano-luz.

O ano-luz é uma unidade de distância utilizada na astronomia.

Um ano-luz é a distância que a luz percorre, no vácuo, durante um ano.

Para calcular quanto vale a distância de 1 ano-luz é necessário saber a velocidade da luz no vácuo, que é 299792,458 km/s, e considerar que o tempo de um ano, de acordo com o calendário gregoriano, é de 365,2425 dias. Agora basta transformar os dias do calendário gregoriano em segundos e multiplicar pela velocidade da luz no vácuo. Assim teremos a informação de que um ano-luz é 9.460.536.068, 016 km (9,46 trilhões de quilômetros).

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

1 ano-luz: 9.460.536.068, 016 km

Abaixo seguem as estrelas mais próximas à Terra:

Estrelas

Distância da Terra

Próxima Centauri

4,24 anos-luz

Alfa Centauri A

4,35 anos-luz

Alfa Centauri B

4,35 anos-luz

Estrela de Barnard

5,98 anos-luz

Wolf 359

7,78 anos-luz

Por exemplo, dizer que uma estrela se encontra a uma distância de 10 anos-luz da Terra significa dizer que a luz que essa estrela emite viaja 10 anos-luz (mais de 9 trilhões de quilômetros) até ser vista por um observador na superfície terrestre.

Como as estrelas estão muito distantes da Terra,  provavelmente quando observamos seu brilho no céu, várias delas podem nem mais existir
Como as estrelas estão muito distantes da Terra, provavelmente quando observamos seu brilho no céu, várias delas podem nem mais existir
Publicado por: Nathan Augusto Ferreira
Assista às nossas videoaulas

Assuntos Relacionados