Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Física
  3. Ondulatória
  4. Ondas polarizadas

Ondas polarizadas

Onda sendo polarizada por duas fendas.
Onda sendo polarizada por duas fendas.
Vejamos a ilustração acima, nela temos uma situação onde uma onda de velocidade v é produzida em uma corda. Percebemos que essa onda é interceptada por duas fendas, uma vertical e outra horizontal. A onda passa pela primeira fenda, vertical, pelo fato de ter a mesma direção do plano de vibração da corda. Na segunda fenda, podemos verificar que a onda não passa pelo fato de ter a direção perpendicular à direção da fenda.

Caso façamos a mesma análise com a luz, perceberemos que esse fato também ocorrerá. Sabemos que a luz é emitida é formada por campos elétricos e magnéticos, desta forma, uma fonte de luz emite luz em todas as direções. Com isso os campos elétricos e magnéticos também são produzidos em todas as direções sendo sempre perpendiculares à direção de propagação.




Ao observarmos a ilustração acima, vemos que a lâmpada está emitindo luz em várias direções, desta forma podemos dizer que as ondas de luz vibram em várias direções. Para que possamos produzir uma onda polarizada, devemos colocar um cristal polarizador no caminho dessas ondas. Só conseguiram atravessar o cristal polarizador as ondas que possuem o plano de vibração coincidente com a direção das fendas do cristal.

Sendo assim podemos dizer que a luz está polarizada quando ela atravessa o polarizador propagando-se em uma única direção.

Caso coloquemos outro cristal, após o primeiro cristal polarizador, cujas fendas polarizadoras estão perpendiculares em relação à direção de propagação da luz polarizada anteriormente, veremos que essas ondas não atravessarão o cristal. Desta forma dizemos que a polarização é uma propriedade das ondas transversais.


Por Domiciano Corrêa Marques da Silva
Graduado em Física

Assuntos Relacionados