Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Física
  3. Ondulatória
  4. Pêndulo Simples

Pêndulo Simples

Oscilação do pêndulo simples
Oscilação do pêndulo simples
Em algum momento de nossas vidas já nos deparamos com um balanço em forma de pêndulo. Embora ele apresentasse continuamente o mesmo movimento de vai e vem, sempre queríamos que ele fosse a um ponto cada vez mais alto. Essa brincadeira é muito divertida para várias crianças, embora elas não saibam a física que está intrínseca no brinquedo.

Quando estudamos o conteúdo relacionado à ondulatória, estudamos o MHS (movimento harmônico simples) que trata de oscilações. Se pararmos para pensar, veremos que essa simples brincadeira pode nos auxiliar a entender uma parte do estudo MHS.

Chamamos de Pêndulo Simples o sistema que é composto por um corpo que realiza oscilações preso à extremidade de um fio ideal. As dimensões do corpo são desprezadas quando comparadas ao comprimento do fio. Veja a figura acima.

Conhecidas as forças que atuam sobre um sistema oscilante, podemos calcular o período (T) do movimento através da seguinte equação:


Sendo L o comprimento do fio, e g a aceleração da gravidade, desde que o ângulo θ seja no máximo 15º, podemos dizer que o período não depende da amplitude e nem da massa do corpo preso à extremidade do fio.

Caso consideremos os valores de θ pequenos, podemos considerar que o movimento desse corpo é retilíneo e a altura h (figura abaixo) é praticamente igual ao comprimento L:

P: intensidade do peso; R: intensidade da força resultante.
P: intensidade do peso; R: intensidade da força resultante.

Da semelhança de triângulos retângulos temos:









Lembrando que o movimento do corpo só é considerado MHS quando o ângulo tiver pequenos valores.

Por Domiciano Corrêa Marques da Silva
Graduado em Física
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto

Assuntos Relacionados