Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Física
  3. Mecânica
  4. Quantidade de movimento

Quantidade de movimento

Quantidade de movimento
A quantidade de movimento está presente em um jogo de bilhar.

Se um automóvel e um caminhão com mesma velocidade (80 km/h) colidem frontalmente com um poste, o efeito dessa colisão é o mesmo para os dois veículos?
 
Figura 1: Maior massa, maior o efeito da colisão.

Sabemos que o efeito dessa colisão será maior para o caminhão, pois ele tem maior massa.
Vamos considerar agora dois veículos de mesma massa colidindo de frente com uma parede, um a 80/km/h e outro a 60 km/h: em qual deles o efeito da colisão será maior?

Logicamente o estrago será maior no carro a 80 km/h.

Imaginemos outra situação: você atira uma pedra perpendicularmente contra uma parede, de maneira que ao chegar ela tem velocidade de 5 m/s; outra pedra igual à primeira é lançada depois, contra a mesma parede, só que numa direção não perpendicular, chegando também com velocidade de 5 m/s.
Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Nessas condições, percebemos que perpendicularmente o estrago provocado no sistema pedra-parede é maior.

Desses três exemplos, podemos concluir que o estudo de certos fenômenos físicos requer a análise de outra grandeza, onde deve estar incluída a massa do corpo e sua velocidade vetorial.

Essa grandeza é denominada quantidade de movimento (Q), ou seja, o produto da massa de um corpo pela sua velocidade.
Trata-se, portanto, de uma grandeza vetorial que possui a mesma direção e o mesmo sentido do vetor velocidade:
 


 
No SI, a unidade da quantidade de movimento é kg.m/s:

1kg.m/s = 1kg.1m/s

Num sistema de partículas, a quantidade de movimento em cada instante é a soma vetorial da quantidade de movimento de cada partícula. Vejamos:



Por Domiciano Marques
Graduado em Física
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
loading...

Assuntos Relacionados