Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Física
  3. Eletricidade
  4. Resistência Variável

Resistência Variável

É dito resistência elétrica a oposição que um determinado condutor oferece à passagem de corrente elétrica de intensidade i através dele, e sabemos que essa oposição à corrente elétrica pode ser calculada da seguinte forma:

Onde U é a diferença de potencial aplicada no condutor, i a corrente elétrica e a unidade de medida de R no Sistema Internacional de Unidades (SI) é o ohm (Ω), em homenagem ao físico alemão George Simon Ohm. É possível de se perceber, através da equação descrita acima, que corrente e resistência elétrica são grandezas inversamente proporcionais e, dessa maneira, temos que quanto maior for o valor de R maior será a oposição que o condutor apresentará à passagem de corrente elétrica.

De acordo com a Lei de Ohm, sabemos que um condutor é dito condutor ôhmico quando a resistência dele se mantém constante independentemente do valor da diferença de potencial que é aplicada sobre ele, contudo nem sempre ocorre dessa forma, ou seja, a resistência de um condutor pode variar.

Existem alguns fatores que influenciam na determinação do valor da resistência elétrica de um fio condutor de eletricidade. Dentre esses fatores podemos citar o material do qual ele é feito, a área da seção reta do fio e a temperatura do fio. Sim, a temperatura pode fazer com que o valor da resistência sofra grandes variações. Experiências mostram que a resistência de um condutor, a temperatura t, pode ser calculada, com boa aproximação, através da seguinte relação matemática:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

R = Ro(1 + αΔt)

Onde α é um coeficiente que depende do material que constitui o condutor. Nos metais a resistência aumenta com o aumento da temperatura, já em outros materiais como o carbono e o telúrio, por exemplo, acontece o contrário: a resistência diminui com o aumento de temperatura.

Assuntos Relacionados