Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Geografia
  3. Países
  4. A economia da Índia

A economia da Índia

A Índia possui a segunda maior população do mundo (cerca de 1,1 bilhão), ficando atrás somente da China (1,3 bilhão de habitantes). Economicamente, a Índia tem crescido de forma significativa, especialmente no seguimento industrial, isso após a descolonização europeia que ocorreu na segunda metade do século XX.

Atualmente, a Índia figura com uma economia emergente. Segundo o Fundo Monetário Internacional, o país é a 12° economia do mundo.
Essa nação vem apresentando um crescimento anual de cerca de 6,3% nos últimos anos; dentre os principais fatores estão as multinacionais instaladas no país. Os principais atrativos que levaram essas empresas a se instalarem na Índia foram o elevado número de mão-de-obra com baixo custo e o enorme mercado consumidor.

Hoje a Índia se destaca na produção industrial de tecnologia de ponta, pois é grande produtora de eletroeletrônicos, agroindustriais, informática (maior produtora de softwares do mundo), biotecnologia. Tais produtos concorrem diretamente com as indústrias de países desenvolvidos. Sem contar que o país possui uma grande representatividade na produção industrial de base, tais como: têxtil, siderúrgica e química.

O acelerado crescimento econômico da Índia foi barrado em virtude de questões geopolíticas envolvendo o Paquistão. Além disso, no ano de 1997 ocorreu a crise da Ásia, fazendo com que o desempenho econômico sofresse uma queda, a desaceleração só não foi maior graças ao grande mercado interno, que consome muitos dos seus produtos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Apesar do crescimento da economia indiana, grande parte da população não tem emprego e é obrigada a atuar no mercado informal.
Apesar do crescimento da economia indiana, grande parte da população não tem emprego e é obrigada a atuar no mercado informal.
Publicado por: Eduardo de Freitas

Assuntos Relacionados