Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Geografia
  3. Países
  4. A Venezuela

A Venezuela

Oficialmente denominada de República Bolivariana da Venezuela, é um país sul-americano localizado no hemisfério Norte ocidental. Geograficamente o país se encontra na zona intertropical do planeta. O território do país abrange uma área de 912.050 km2, o qual limita fronteira ao norte, com o oceano Atlântico (mar do Caribe); ao sul, com o Brasil; a leste, com a Guiana; e a leste, com a Colômbia.

O território venezuelano apresenta distintas características de clima, relevo e vegetação. Diante desse fato, nos pontos mais elevados que se encontram na cordilheira dos Andes o clima é frio. Em áreas de planaltos, geralmente, o que predomina é o clima equatorial e nos relevos mais baixos identifica-se o clima tropical, com duas estações bem definidas, sendo uma de seca e outra chuvosa.


No quadro social, o país detém uma população de aproximadamente 28,5 milhões de habitantes, constituída etnicamente por mestiços, resultado da mistura entre ameríndios e espanhóis; esse grupo responde por 85% das pessoas da nação. Na Venezuela, grande parte da população vive em centros urbanos (cerca 85% dos habitantes). As maiores aglomerações urbanas do país é a cidade de Caracas, capital do país, e Maracaibo.

O subsolo venezuelano é rico em recursos minerais, especialmente o petróleo. O país detém uma das maiores jazidas de petróleo do mundo, fato que o coloca como um dos grandes exportadores de combustíveis fósseis do planeta. A maior concentração do minério no país está situada nas proximidades do Lago Maracaibo.

A abundância de petróleo permitiu que o país se tornasse dependente desse recurso energético para sustentar a sua economia, tendo em vista que outras atividades econômicas não sobressaem. A limitação produtiva resulta em uma fragilidade econômica, do ponto de vista da estabilidade do país que sofre com o sobe e desce dos preços do produto no mercado mundial. A atividade primária predomina no país e enquanto no passado a economia se restringia a produção agrícola, atualmente se concentra na extração de petróleo. Isso mostra que o país não ingressou no processo de industrialização para diversificar a economia.

A concentração de petróleo em seu território favoreceu a inserção da Venezuela na Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo), a qual foi criada nos anos 60, considerada um cartel em escala global. A Venezuela é o único país da América do Sul que integra tal organização. Se por um lado a quantidade de petróleo é positiva, por outro é negativa, isso porque impede que o país busque se desenvolver e diversificar sua economia.

Caracas, capital da Venezuela.
Caracas, capital da Venezuela.
Publicado por: Wagner de Cerqueira e Francisco

Assuntos Relacionados