Agricultura Orgânica

A agricultura orgânica é um modelo de produção que visa à redução dos impactos ambientais, além de cultivar produtos alimentícios mais saudáveis.

O termo agricultura orgânica foi desenvolvido pelo inglês Sir Albert Howad, entre os anos de 1925 e 1930. No entanto, essa modalidade da agricultura ganhou força somente na década de 1960.

A agricultura orgânica é um modelo de produção caracterizado por não utilizar fertilizantes sintéticos, agrotóxicos, sementes modificadas, reguladores de crescimento animal e intensa mecanização das atividades, visando a reduzir os impactos ambientais, além de cultivar produtos alimentícios mais saudáveis.

Os constantes problemas sociais e ambientais desencadeados pelo atual modelo de produção agrícola (poluição das águas subterrâneas e superficiais, esgotamento dos solos, desemprego dos trabalhadores rurais em consequência da mecanização do campo, etc.), além dos alimentos com grandes concentrações de agrotóxicos e o pouco esclarecimento sobre os alimentos geneticamente modificados, têm despertado a consciência de parte da população que, em busca de um modelo agrícola que reduza os impactos ambientais e impulsione a produção de alimentos mais saudáveis, adere à prática da agricultura orgânica.

A agricultura orgânica é um segmento agrícola que tem por objetivo a sustentabilidade econômica e ambiental. Sua prática baseia-se no uso de estercos animais, rotação de culturas, adubação verde, controle biológico de pragas e doenças, utilização de energias renováveis e eliminação do uso de organismos geneticamente modificados em qualquer etapa do processo produtivo. Portanto, a agricultura orgânica busca a harmonia com o meio ambiente e a produção de alimentos saudáveis.

Esse modelo de produção tem se fortalecido a cada ano, já que os benefícios proporcionados têm atraído vários consumidores, tanto dos países desenvolvidos quanto das nações subdesenvolvidas. No entanto, os produtos desse modelo agrícola são mais caros e algumas frutas, verduras e legumes apresentam menor volume. Portanto, os produtos orgânicos ainda não são acessíveis à maioria da população. Outro fator agravante é que alguns produtos orgânicos não são identificados por simples observação, podendo haver a introdução de produtos considerados não orgânicos entre eles.

No Brasil, a agricultura orgânica é desenvolvida em cerca de 15 mil propriedades certificadas, em que 70% delas pertencem a agricultores familiares. Essa certificação em território brasileiro é concedida pela Associação de Agricultura Orgânica (AAO) em parceria com a Ecocert Brasil.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Wagner de Cerqueira e Francisco
Graduado em Geografia

Agricultura Orgânica: agricultura em harmonia com a natureza
Agricultura Orgânica: agricultura em harmonia com a natureza
Publicado por: Wagner de Cerqueira e Francisco

Assuntos Relacionados