Antártica

Antártica
Antártica

Antártica é o mais meridional de todos os continentes. Com uma área de 14,4 milhões de quilômetros quadrados, é o quinto maior continente do mundo; nele se localiza o Pólo Sul, o ponto mais meridional da Terra. Acredita-se que a Antártica tenha se formado através da separação de Gondwana, o supercontinente; seu resfriamento ocorreu ao longo de milhões de anos.  

A principal característica da Antártica é o fato de ser o continente mais frio e seco do planeta, um grande deserto formado por enormes geleiras e coberto por gelo. As primeiras expedições realizadas e documentadas em direção ao continente ocorreram no século XVI. O primeiro a circunavegar o continente foi o navegador inglês James Cook, entre 1772 e 1775.

As temperaturas médias na região central do continente variam entre -30°C e -65°C; a menor temperatura do mundo foi documentada na região: -89,2°C, no dia 21 de julho de 1983. Atualmente, após o Tratado da Antártica, vários países passaram a manter bases de pesquisa na região. Vale ressaltar que a Antártica é uma zona politicamente neutra e que não pertence a nenhum país, sendo, sobretudo, uma área de preservação científica. Embora não haja habitantes permanentes, cerca de quatro mil cientistas realizam pesquisas no continente durante o verão. A Antártica possui diversos recursos naturais, como chumbo, prata, cobre, petróleo, gás natural, etc., no entanto, a extração mineral também foi proibida com o Tratado da Antártica.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Devido às condições climáticas, as espécies vegetais que se desenvolvem na região se restringem a musgos, liquens e outras plantas inferiores. Já em relação às espécies de animais, podemos destacar os pingüins, albatrozes, petréis, focas, lobos-marinhos, baleias, entre outras.

Assuntos Relacionados