Regiões do Brasil

As regiões do Brasil representam divisões territoriais com características particulares. O Brasil possui cinco regiões, segundo o IBGE.

As regiões do Brasil representam divisões territoriais que apresentam características específicas sejam elas físicas, como clima, vegetação e relevo; sejam sociais, como número de habitantes, índice de desenvolvimento humano e densidade demográfica; além das características econômicas, como Produto Interno Bruto e nível de industrialização.

O Brasil já foi dividido regionalmente diversas vezes e o órgão responsável por essa divisão no país é o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A regionalização atual foi elaborada em 1970 (sofrendo alterações a partir da Constituição Federal de 1988) e divide o Brasil em cinco regiões: Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Regiões do Brasil e seus estados

Regiões do Brasil e seus respectivos estados.
Regiões do Brasil e seus respectivos estados.

Estados da Região Norte

Estados e capitais

Acre – Rio Branco

Amapá – Macapá

Amazonas – Manaus

Pará – Belém

Rondônia – Porto Velho

Roraima – Boa Vista

Tocantins - Palmas

Estados da Região Nordeste

Estados e capitais

Alagoas – Maceió

Bahia – Salvador

Ceará – Fortaleza

Maranhão – São Luís

Paraíba – João Pessoa

Pernambuco – Recife

Piauí – Teresina

Rio Grande do Norte – Natal

Sergipe – Aracaju

Estados da Região Centro-Oeste

Estados e capitais

Goiás – Goiânia

Mato Grosso – Cuiabá

Mato Grosso do Sul – Campo Grande

Estados da Região Sudeste

Estados e capitais

Espírito Santo – Vitória

Minas Gerais – Belo Horizonte

Rio de Janeiro – Rio de Janeiro

São Paulo – São Paulo

Estados da Região Sul

Estados e capitais

Paraná – Curitiba

Rio Grande do Sul – Porto Alegre

Santa Catarina – Florianópolis

Mapa das regiões do Brasil

Mapa das regiões do Brasil. (Fonte: IBGE)
Mapa das regiões do Brasil. (Fonte: IBGE)

Diferenças entre as regiões do Brasil

As regiões do Brasil são divididas segundo as suas particularidades. Cada uma delas apresenta características específicas em relação ao território que abrange. Diferem-se economicamente, socialmente e fisicamente. Veja as principais características de cada região:

Região Norte

Belém é a capital do Pará, considerada uma cidade histórica e portuária.
Belém é a capital do Pará, considerada uma cidade histórica e portuária.

A Região Norte é constituída por sete estados e é a maior região do Brasil em extensão territorial do Brasil. Compreende uma área de 3.853.676,948 km, cerca de 45% do território nacional. Essa região apresenta a menor densidade demográfica do país, ou seja, o menor número de habitantes por quilômetro quadrado.

A população é de aproximadamente 18.182.253 milhões de habitantes e a densidade demográfica é de 4,72 hab/km2. Isso possibilita dizer que é uma região populosa, mas pouco povoada.

É na Região Norte que se encontra maior floresta tropical do mundo, a Floresta Amazônica, berço da maior biodiversidade do planeta. É nessa região que também encontra-se a maior bacia hidrográfica do mundo, a Bacia Hidrográfica do Rio Amazonas.

O clima da região é predominantemente equatorial úmido e em boa parte do tempo a umidade do ar é elevada. A respeito da economia, em alguns estados há o predomínio de atividades de extrativismo mineral e vegetal, em outros destacam-se a agropecuária e há destaque também em alguns estados para o turismo.

Saiba mais: O relevo e a hidrografia da Região Norte

Região Nordeste

Pernambuco representa um dos litorais mais belos do país.
Pernambuco representa um dos litorais mais belos do país.

A Região Nordeste é constituída por nove estados, sendo, portanto, a maior região em unidades federativas e a terceira maior região em extensão territorial. Compreende uma área de 1.544.291 km2, sendo a região com maior faixa litorânea do país. Com paisagens paradisíacas, o Nordeste brasileiro atrai milhares de turistas do mundo todo.

É uma região de altas temperaturas, com predomínio do clima semiárido. Na área compreendida por esse clima, a população sofre com a seca, o calor extremo e a falta de chuva. Em áreas de transição, podemos encontrar o clima equatorial úmido e o clima tropical. No Nordeste, há presença de biomas como a Caatinga e a Mata Atlântica bem como faixas do Cerrado.

Leia também: Cultura da Região Nordeste

Vivem nessa região mais de 56 milhões de habitantes, sendo, portanto, a segunda maior região em termos populacionais, segundo o IBGE. É a região que apresenta mais problemas sociais no país, devido ao baixo desenvolvimento associado às características geográficas. Muitas pessoas vivem em situação de miséria.

A Região Nordeste é a terceira maior região do Brasil com uma área de aproximadamente 1.544.291 km2, constituída por nove estados, sendo, portanto, a região com maior número de unidades federativas. Definitivamente o turismo é um dos principais propulsores da economia na região. Atividades como extrativismo e agropecuária também são desenvolvidas.

Região Centro-Oeste

Bonito é um município localizado no estado do Mato Grosso do Sul e atrai milhares de turistas.
Bonito é um município localizado no estado do Mato Grosso do Sul e atrai milhares de turistas.

A Região Centro-Oeste é constituída por três estados, sendo a segunda maior região em extensão territorial do país. Faz limite com todas as outras regiões, por isso apresenta grande biodiversidade. A área abrangida é cerca de 1.606.403 km², ocupando aproximadamente 18% do território nacional.

Quando se fala em Centro-Oeste muitas pessoas associam à região serras e chapadas, atrativos turísticos para os aventureiros e amantes da natureza como a Chapada dos Veadeiros. Essa região abrange o Planalto Central e é a única que não possui litoral.

É a região com menor número de habitantes, cerca de um pouco mais de 16 milhões e possui densidade demográfica de 10,01 hab/km2,, a segunda menor do país, ficando atrás apenas da Região Norte.

O Centro-Oeste brasileiro apresenta clima tropical sazonal com duas estações bem definidas, um inverno seco e um verão chuvoso. É considerada uma das mais importantes regiões quando o assunto é hidrografia. No Centro-Oeste, encontram-se as nascentes de diversos rios brasileiros bem como abrange a área de aquíferos, como Aquífero Guarani. Os biomas predominantes são o Cerrado e Pantanal.

Saiba também: Características da população da Região Centro-Oeste

O Centro-Oeste é também conhecido pelo desenvolvimento da agricultura e da pecuária. Muitos produtos que fazem parte do mercado de exportação como a soja e o milho. O extrativismo mineral também é uma das atividades econômicas desenvolvidas no Centro-Oeste. Em Goiás, encontra-se uma das maiores reservas de nióbio do mundo.

Região Sudeste

Ouro Preto é um município do estado de Minas Gerais conhecido por sua importância histórica.
Ouro Preto é um município do estado de Minas Gerais conhecido por sua importância histórica.

A Região Sudeste é constituída por quatro estados, sendo a segunda menor região em extensão territorial do país. Possui cerca de 924.620 km2, é a região mais populosa do Brasil e apresenta a maior densidade demográfica, 92,025 hab/km2.

Com mais de 85 milhões de habitantes, o Sudeste brasileiro é composto pelos estados de maior representatividade econômica do país. Muitas pessoas migram para essa região em busca de oportunidades de emprego e melhoria de vida.

Por ser a região mais desenvolvida, é a mais representativa no PIB brasileiro, correspondendo a 55,2% do PIB nacional. Destacam-se o setor industrial, financeiro e comercial. As indústrias automobilísticas, siderúrgicas e petrolíferas apresentam-se em grande quantidade.

Além de atrair pessoas em busca de trabalho, a Região Sudeste também destaca-se pelo turismo. O Rio de Janeiro atrai milhões de turistas durante todo o ano. São Paulo é conhecido pelo aspecto cultural, atraindo pessoas que se interessam pelo teatro, festivais e cinema. Minas Gerais e Espírito Santo com suas belíssimas construções históricas também atraem visitantes de todo o mundo.

Região Sul

Gramado é uma das cidades que mais atraem turistas no Brasil devido às suas belas paisagens.
Gramado é uma das cidades que mais atraem turistas no Brasil devido às suas belas paisagens.

A Região Sul é constituída por três estados e é a menor região do Brasil em extensão territorial. Abrange uma área de 576.774 km2 e é considerada uma das regiões com características mais distintas de todo o resto do país. Isso deve-se principalmente ao contexto histórico no que diz respeito à colonização. Essa região foi colonizada especialmente por alemães e italianos.

Nessa região, habitam mais de 29 milhões de pessoas, correspondendo a aproximadamente 14% da população brasileira. Apresenta os melhores indicadores sociais, indicando ser uma região que apresenta boas políticas públicas para educação e saúde.

Leia mais: A população da Região Sul

Outra característica que difere essa região das demais refere-se à sua localização. Por estar abaixo da zona tropical, o Sul do Brasil apresenta as estações do ano bem definidas. Há período de inverno rigoroso com ocorrência de geadas como também há períodos de temperaturas amenas e temperaturas elevadas. Os índices pluviométricos distribuem-se homogeneamente durante todo o ano.

Economicamente, é uma das regiões de maior PIB do país e de maior industrialização, ficando atrás apenas da Região Sudeste. A economia é baseada no extrativismo vegetal realizado especialmente na Mata das Araucárias e também a agropecuária, com a criação de suínos e a produção de uva.

Suas belas cidades e parques são grandes atrativos turísticos. Muitas pessoas dirigem-se ao Sul em busca de lugares bucólicos. Lugares como a cidade de Gramado, no Rio Grande do Sul, e o Parque Nacional do Iguaçu, no Paraná, atraem milhares de pessoas durante todo o ano.

O Brasil é dividido em cinco regiões segundo suas particularidades.
O Brasil é dividido em cinco regiões segundo suas particularidades.
Publicado por: Rafaela Sousa

Assuntos Relacionados