Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Geografia
  3. Geografia Física
  4. Deserto do Saara

Deserto do Saara

Deserto do Saara
Deserto do Saara

Localizado no continente africano, o deserto do Saara ocupa uma área de aproximadamente 9 milhões de quilômetros quadrados, correspondendo a 35% do território. Sua extensão é maior que a de alguns países, como, o Brasil, Índia e a Austrália. Ele também é considerado o maior deserto quente do planeta.

Presente em dez países (Argélia, Chade, Egito, Líbia, Mali, Marrocos, Mauritânia, Níger, Tunísia e Sudão), além de se estender por outros três (Etiópia, Djibuti e Somália), onde recebe denominações locais. Esse deserto é o elemento natural responsável pela subdivisão da África: África Mediterrânea (ao sul) e África Subsaariana (ao norte).

Em decorrência de sua grandiosidade, possui uma subdivisão em três áreas geográficas:

- Saara Ocidental.
-Montanhas de Ahaggar.
- Maciço de Tibesti.

O deserto do Saara apresenta áreas bastante pedregosas e outras porções nas quais predominam dunas arenosas. O clima dessa região é hiperárido, com baixíssimos níveis de umidade relativa do ar. As temperaturas são elevadas, podendo atingir mais de 50 °C durante o dia, entretanto, as noites são bastante frias, com temperaturas negativas.

As chuvas são quase nulas. Raramente quando acontecem, são torrenciais em virtude de longos períodos secos. A paisagem vegetal está ausente na maior parte desse domínio, presente apenas em áreas de oásis. Curiosamente, uma das faixas de terra mais férteis do planeta fica nessa área, ao longo das margens do rio Nilo.

Esse deserto é habitado por aproximadamente 2,5 milhões de pessoas, concentradas, principalmente, nos oásis, locais originados pelo afloramento de águas subterrâneas, proporcionando o surgimento de vegetação. Entretanto, as condições de moradia são precárias em decorrência das características físicas, como por exemplo, as elevadas temperaturas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Assuntos Relacionados