Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Geografia
  3. Geografia ambiental
  4. Educação Ambiental

Educação Ambiental

O modelo econômico capitalista proporcionou um acelerado processo de industrialização, intensificando a produção e o consumo. Esse fato desencadeou grandes problemas de ordem ambiental, em razão da intensa exploração dos recursos naturais e as diversificadas formas de poluição. Diante disso, uma mudança de atitude se torna necessária.
A Educação Ambiental surge com o propósito de despertar a consciência da população global sobre os problemas ambientais consequentes das atividades humanas.

Conforme definido no Congresso de Belgrado, no ano de 1975, a Educação Ambiental é um processo que visa “formar uma população mundial consciente e preocupada com o ambiente e com os problemas que lhe dizem respeito, uma população que tenha os conhecimentos, as competências, o estado de espírito, as motivações e o sentido de participação e engajamento que lhe permita trabalhar individualmente e coletivamente para resolver os problemas atuais e impedir que se repitam”.

A Educação Ambiental é uma vertente da educação direcionada aos assuntos relacionados à interação homem-ambiente, despertando uma consciência crítica sobre os problemas ambientais. Trabalha o lado racional juntamente com o sensível e de valores, promovendo o desenvolvimento de novos valores e ações de respeito e proteção ao Meio Ambiente.

Não se restringe apenas na abordagem de temas como: preservação ambiental, lixo, poluição, proteção dos animais, etc. Assume um caráter mais complexo e realista, considerando o ambiente em sua totalidade, analisando os aspectos naturais, artificiais, políticos, econômicos, históricos e culturais. Objetivando sempre um possível equilíbrio entre o homem e o ambiente, na constante busca pelo progresso e desenvolvimento.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)


A busca pelo equilíbrio homem-meio

A Educação Ambiental é uma ferramenta de fundamental importância na busca pelo desenvolvimento sustentável, pois ela proporciona um amplo processo de alfabetização e conscientização ecológica.

Busca constantemente a mudança de atitudes do homem, onde esse deve ter plena consciência que é parte integrante do meio, agindo de forma racional, contribuindo para a preservação do Meio Ambiente.

Publicado por: Wagner de Cerqueira e Francisco

Assuntos Relacionados