Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Geografia
  3. Geografia Geral
  4. Estreito de Gibraltar

Estreito de Gibraltar

O estreito de Gibraltar é um território localizado na Espanha, mas pertencente à Grã-Bretanha. Trata-se de uma pequena passagem de 16 km que separa a Europa e a África.

O Estreito de Gibraltar é uma abertura natural que separa os continentes europeu e africano. Localizado no sul da Espanha e ao norte de Marrocos, ele permite a ligação entre o Mar Mediterrâneo e o Oceano Atlântico. Sua abertura é de 15 metros e foi durante séculos rota de passagem para navios mercantes que realizavam transações comerciais entre a Europa e o Oriente Médio. Atualmente, estima-se que perto de 90 mil embarcações cruzem essa passagem anualmente e que, em média, passe pelo local uma embarcação a cada seis minutos.

Esse território pertence à Grã-Bretanha, e sua propriedade foi definida em 1704, por meio do Tratado de Utrecht, como forma de compensação pela guerra entre ingleses e espanhóis.

Importância do Estreito de Gibraltar

O estreito de Gibraltar possui uma significativa importância econômica e geopolítica. Do ponto de vista econômico, assim como outros canais e passagens do mundo, como Panamá ou Suez, ele permite a redução de tempo e despesas durante as travessias de navios-cargueiros com destino à Europa, América ou Ásia.

Do ponto de vista geopolítico, o estreito de Gibraltar representa uma rápida e curta comunicação entre a Europa e a África. Por essa razão, esse território é bastante vigiado por forças militares para garantir a segurança. Nos tempos mais antigos, apenas para o acesso havia um maior controle. Com o advento de instrumentos de guerra que possuem alcance maior, como os canhões marítimos, a defesa passou a ser uma demanda imprescindível para a região de Gibraltar.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Assim, o domínio desse território representa uma importante questão de segurança nacional, bem como de arrecadação de impostos altamente lucrativos.

Turismo

O Estreito de Gibraltar tornou-se também um grande marco turístico para os visitantes da Espanha ou do Marrocos e proximidades. Com um forte investimento no setor de serviços, a cidade criou mecanismos para explorar essa facilitada comunicação com o norte da África, construindo uma rede hoteleira e de transportes que favorece o deslocamento e estadia dos turistas.

O interesse dos turistas, especialmente europeus, por esse pequeno território inglês cravado na Espanha, também tem relação com o clima mediterrâneo, que vigora na região, tornando as temperaturas mais amenas e o frio menos rigoroso que nas porções norte da Europa.

Questão dos refugiados

Por se tratar de uma comunicação muito facilitada entre a Europa e a África, o lado europeu tem recebido cada vez mais refugiados e migrantes ilegais do continente vizinho em busca de melhores condições de trabalho e vida ou, simplesmente, fugindo de situações de violência decorrentes dos muitos conflitos internos existentes. Os países da Europa têm cobrado ações mais duras de controle e combate à imigração ilegal na região.

O Estreito de Gibraltar separa a Europa e a África
O Estreito de Gibraltar separa a Europa e a África
Publicado por: Hugo Mota

Assuntos Relacionados