Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Geografia
  3. Geografia Física
  4. Falha de San Andreas

Falha de San Andreas

Fotografia da Falha de San Andreas
Fotografia da Falha de San Andreas

A Falha de San Andreas – em português também conhecida como Falha de Santo André – é uma falha geológica causada pelo afastamento entre duas placas tectônicas. Trata-se de uma área geologicamente instável, onde se registra a presença de intensos e constantes terremotos.

Essa falha localiza-se na porção oeste dos Estados Unidos, no estado da Califórnia, e possui 1.300 km de extensão. Ela é encarada como uma ameaça pela população estadunidense, que já testemunhou intensos e marcantes terremotos nessa região.

Existe, inclusive, o temor de um possível abalo sísmico que devastaria toda a Califórnia e dividiria a região ao meio: o “Big One”. Ele passou a ser temido desde o ano de 1906, quando um terremoto transformou a cidade de São Francisco em ruínas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Os temores vêm aumentando nos últimos anos, sobretudo pelo período de estabilidade temporária da região. Geólogos que estudam essa falha ressaltam que, quanto o maior período de “sossego”, mais perigoso torna-se, pois a zona instável vai acumulando cada vez mais energia, que pode ser totalmente liberada de uma só vez no próximo terremoto.

Por definição, entende-se como falha geológica um fenômeno natural causado pelo movimento de duas placas tectônicas que não se aproximam e não se afastam, mas que se deslocam tangencialmente. No caso de San Andreas, essa falha é produzida pelos movimentos da Placa do Pacífico e da Placa Norte-Americana.

Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto

Assuntos Relacionados