Geodesia

Nos últimos anos houve o desenvolvimento de um conjunto de disciplinas denominadas ciências geodésicas, as quais permitem medir, representar e analisar o espaço geográfico com alta precisão. Estas ciências são a Cartografia (a mais antiga), a Topografia, a Astronomia de Posição, a Fotogrametria, o Sensoriamento Remoto e a Geodesia.

O termo geodesia foi utilizado pela primeira vez na Grécia Antiga, por Aristóteles, e significa divisões geográficas da terra, ou ato de dividir a terra.

A geodesia é a ciência que analisa a determinação da forma, das dimensões e do campo de gravidade da Terra. As atividades geodésicas proporcionaram uma revolução na cartografia com a implantação do Sistema de Posicionamento Global (GPS).

Através da utilização desse sistema é possível obter informações mais precisas da determinação de posições, estáticas ou cinemáticas, aliando rapidez e precisão muito superiores aos métodos clássicos.

No Brasil, o órgão responsável pelas atividades referentes à geodesia é o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que desenvolveu o Sistema Geodésico Brasileiro (SGB), formado pelo conjunto de estações, materializadas no terreno, cuja posição serve como referência precisa a diversos projetos de engenharia (construção de estradas, pontes, barragens, etc.), além de mapeamento, geofísica e pesquisas científicas.

A geodesia é considerada ao mesmo tempo um ramo da Engenharia e das Geociências, que trata do levantamento e da representação da forma e da superfície terrestre. A matemática e a física também estudam a geodesia, como forma de determinar a medição de superfícies curvas, usando métodos semelhantes aos utilizados na superfície curva da Terra.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Sistema geodésico
Sistema geodésico
Publicado por: Wagner de Cerqueira e Francisco

Assuntos Relacionados