México

Mesmo sendo a segunda maior economia da América Latina, o México ainda é muito dependente dos Estados Unidos.

O México, ou Estados Unidos do México, é o único país da América Latina que também faz parte da América do Norte. Limita-se ao norte com os Estados Unidos, ao sul com os países da América Central, a leste com o Oceano Atlântico e a oeste com o Oceano Pacífico.

De formato afunilado, os seus quase 2.000.000 km² possuem uma grande diversidade natural. Ao norte predomina um clima desértico com vegetação xerófila. Ao sul e nas regiões de altiplanos, o clima é tropical ameno com uma vegetação tropical. O relevo também é bastante diversificado, havendo áreas montanhosas, altiplanos na área central e planícies litorâneas. Além disso, conta com a presença de duas penínsulas, uma do lado ocidental (Califórnia) e outra do lado oriental (Iucatã).

Com uma população de pouco mais do que 122 milhões de indivíduos, o México possui a segunda maior população da América Latina, ficando atrás apenas do Brasil. Sua população é composta por mestiços (60%) — resultantes da miscigenação de inúmeros povos (espanhóis, maias, astecas e outros)—, ameríndios (30%) e brancos (9%), que se distribuem desigualmente pelo território do país. A maior parte da população mexicana, cerca de 75%, vive em áreas urbanas localizadas nas regiões planálticas do país. Os principais indicadores sociais do México mostram que o país tem aumentado o seu padrão de vida, mas que alguns setores, principalmente a educação e a saúde, assim como no Brasil, ainda necessitam de investimentos. Vejamos alguns desses indicadores¹:

Indicadores sociais do México demonstram que o país ainda necessita de investimentos
Indicadores sociais do México demonstram que o país ainda necessita de investimentos

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A economia mexicana, a segunda maior economia da América Latina, é bastante diversificada, com muitas atividades industriais, agropecuárias, mineradoras e turísticas. O principal produto de exportação do país é o petróleo, exportado principalmente para os Estados Unidos. Além dele, o país também produz milho, trigo, soja, arroz, feijão, café, frutas, algodão, tomates, carne bovina, frango, leite e derivados, alimentos industrializados, bebidas, tabaco, produtos químicos, ferro, aço, petróleo, tecidos, roupas, calçados, automóveis e outros. O turismo também é uma importante atividade econômica do país, já que muitas pessoas são atraídas pelas belas praias, como Cancún e Acapulco, e pela grande diversidade histórica e cultural existente no país.

Confira alguns indicadores econômicos do México²:

O país possui a segunda maior economia da América Latina, perdendo apenas para o Brasil
O país possui a segunda maior economia da América Latina, perdendo apenas para o Brasil

Um dos principais desafios do México é a sua relação com os países da América Anglo-saxônica (Estados Unidos e Canadá), já que, historicamente, essa relação foi permeada por conflitos e perdas territoriais. Atualmente, o país precisa lidar com a concorrência das empresas e indústrias norte-americanas instaladas no país, que desnacionalizam boa parte da economia mexicana, e dinamizar o destino de suas exportações, que atualmente é muito dependente do Canadá e dos EUA. Além disso, um dos grandes problemas mexicanos é a grande emigração de mexicanos para os Estados Unidos, o que aumenta a dependência desse país em relação ao seu vizinho poderoso, já que o dinheiro enviado pelos emigrantes para o seu país de origem compõe a renda desse país.

As cores da bandeira mexicana foram adotadas logo após a independência do país. Elas representam a esperança, unidade e o sangue dos heróis nacionais
As cores da bandeira mexicana foram adotadas logo após a independência do país. Elas representam a esperança, unidade e o sangue dos heróis nacionais
Publicado por: Thamires Olimpia Silva

Assuntos Relacionados